+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Ações de inovação passam integrar a Semana de Ciência e Tecnologia do Espírito Santo

A tradicional semana que congrega diversos eventos e ações voltados à ciência e tecnologia este ano ganhará um viés destinado à inovação no Espírito Santo e passará a se chamar “Semana Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação”. O objetivo é potencializar as ações do ecossistema de inovação capixaba.

O evento já faz parte do calendário anual do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento (Sectides). A 18ª edição da semana já está em construção e acontecerá nos meses de novembro e dezembro deste ano. Entre as novidades estão premiações para empresas (pessoa jurídica) e ações (pessoa física) inovadoras.

“Recentemente, o governador Renato Casagrande fundiu as secretarias da Ciência, Tecnologia e Inovação e a de Desenvolvimento, numa demonstração clara de que, na visão no Governo do Espírito Santo, o desenvolvimento está diretamente atrelado ao fomento de ações inovadoras. Deste modo, nossa semana dedicada ao tema também acompanhará esta premissa e ganhará uma roupagem voltada à inovação. É uma importante ação de difusão da ciência, tecnologia, inovação e do empreendedorismo como motores do futuro da sociedade capixaba”, destacou o subsecretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Denio Rebello Arantes.

Arantes completou: “nossa equipe está trabalhando ativamente na construção de mais uma edição do evento. Também estamos buscando trazer eventos já reconhecidos para integrarem e enriquecerem a nossa semana.”

A Semana Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação congrega uma série de eventos, palestras, entrevistas, cursos com certificação, oficinas, exposição de trabalhos científicos, entre outras ações com o objetivo de mobilizar a população, em especial os jovens, para atividades científico-tecnológicas.

Entre os parceiros já confirmados para a 18ª edição estão a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), a Secretaria da Educação (Sedu), o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), a Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), o Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Estado do Espírito Santo (Sinepe-ES), diversas instituições de ensino particulares, entre outros.

“Temos convicção de que este evento é um contributo para o aprofundamento do conhecimento, além de aproximar a ciência e tecnologia da população, abrir espaço para divulgação dos trabalhos científicos e inovações desenvolvidas por alunos e profissionais nas diversas áreas do conhecimento, e ainda proporcionar interação entre a sociedade, o meio acadêmico, tecnológico e cultural, e outras iniciativas”, elogiou o presidente do Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Estado do Espírito Santo, Moacir Lellis.

Também parceiro do evento, o diretor técnico do Sebrae, Luiz Toniato, destacou a importância da Semana Estadual para disseminar ciência, tecnologia e inovação no Espírito Santo. “Despertar estudantes e profissionais nas suas áreas, proporcionando interação e integração entre a tríplice hélice, é com certeza uma iniciativa que conta com o apoio do Sebrae e, nesse sentido, manifestamos nosso apoio total ao evento”, pontuou.

Em 2020, a Semana de Ciência e Tecnologia capixaba aconteceu no formato totalmente on-line, em decorrência da pandemia no novo Coronavírus (Covid-19). O formato da 18ª edição será definido conforme a situação sanitária do momento, em atenção às restrições sanitárias impostas pelas autoridades de saúde e respeitando os parâmetros do Mapa de Gestão de Risco Covid-19, do Governo do Espírito Santo.

Fonte: SEDECTI ES em 30/06/2021

Próximos Eventos