Giro nos Estados

1ª Edição da FENECITI aproximou negócios, ciência e inovação no Seridó

Encerrou nesse sábado (15), em Caicó, a primeira edição da FENECITI – Feira Regional de Negócios, Ciência, Tecnologia e Inovação, um novo formato de evento lançado pelo Governo do Estado, Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do RN e CDL-Caicó. O evento será trimestral e percorrerá as demais regiões do Estado, com previsão para as próximas edições acontecerem no Oeste e no Mato Grande, ainda em 2019, garantiu Jaime Calado, secretário de Desenvolvimento Econômico do RN.

Na noite de encerramento, a governadora Fátima Bezerra prestigiou o evento, visitando os estandes e conversando com os expositores. “O novo formato de Feira de Negócios tem como objetivo dar visibilidade às marcas e produtos locais, incentivar as vocações regionais e proporcionar a interação entre os empreendedores e as instituições de ensino e pesquisa”, destacou a governadora.

A FENECITI foi realizada no Complexo Turístico Ilha de Sant’Ana, com 100 estandes, auditório, Unidades Móveis da FIERN, palco cultural e palco de shows, atraindo público de toda região. Durante os dois dias, programação contou com Sebrae Networking Day, Prêmio Ideias Inovadoras, desfiles de artesanato, de animais de estimação, de moda masculina e feminina, Encontro de Bordadeiras do Seridó, apresentações culturais, Ação Cidadã e shows gratuitos.

A senadora Zenaide Maia também visitou a feira e ressaltou a importância da união entre indústria, ciência e tecnologia. “O Seridó está dando o exemplo para o país mostrando que as pessoas e as instituições podem dar as mãos e fazer muito com pouco para aquecer a economia: a iniciativa privada próxima à academia; as universidades e o Instituto Federal dando visibilidade ao que eles podem oferecer ao comércio, indústria e serviços”, argumentou a senadora.

O Seridó é conhecido por diversas vocações econômicas, como o artesanato, o turismo, a moda, a carne, o queijo, a mineração, o comércio diversificado e os serviços privados que atraem consumidores do sertão potiguar e paraibano. “Os lojistas da região tem um traço empreendedor muito forte, que desafia as dificuldades naturais. A FENECITI foi uma oportunidade para discutir tendências de mercado com os empresários locais”, enfatizou Afrânio Miranda, presidente da FCDL-RN.

A FENECITI contou com apoio do Sebrae, IFRN, UFRN, UERN UnP e ITEP; patrocínio: Governo Federal, Banco do Nordeste, Município de Caicó, Sistema FIERN, Fecomércio RN, Potigás, IPEM, CAERN, JUCERN, Cimento Mizu, Coca-Cola e Café Santa Clara.

Encerrou nesse sábado (15), em Caicó, a primeira edição da FENECITI – Feira Regional de Negócios, Ciência, Tecnologia e Inovação, um novo formato de evento lançado pelo Governo do Estado, Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do RN e CDL-Caicó. O evento será trimestral e percorrerá as demais regiões do Estado, com previsão para as próximas edições acontecerem no Oeste e no Mato Grande, ainda em 2019, garantiu Jaime Calado, secretário de Desenvolvimento Econômico do RN.

Na noite de encerramento, a governadora Fátima Bezerra prestigiou o evento, visitando os estandes e conversando com os expositores. “O novo formato de Feira de Negócios tem como objetivo dar visibilidade às marcas e produtos locais, incentivar as vocações regionais e proporcionar a interação entre os empreendedores e as instituições de ensino e pesquisa”, destacou a governadora.

A FENECITI foi realizada no Complexo Turístico Ilha de Sant’Ana, com 100 estandes, auditório, Unidades Móveis da FIERN, palco cultural e palco de shows, atraindo público de toda região. Durante os dois dias, programação contou com Sebrae Networking Day, Prêmio Ideias Inovadoras, desfiles de artesanato, de animais de estimação, de moda masculina e feminina, Encontro de Bordadeiras do Seridó, apresentações culturais, Ação Cidadã e shows gratuitos.

A senadora Zenaide Maia também visitou a feira e ressaltou a importância da união entre indústria, ciência e tecnologia. “O Seridó está dando o exemplo para o país mostrando que as pessoas e as instituições podem dar as mãos e fazer muito com pouco para aquecer a economia: a iniciativa privada próxima à academia; as universidades e o Instituto Federal dando visibilidade ao que eles podem oferecer ao comércio, indústria e serviços”, argumentou a senadora.

O Seridó é conhecido por diversas vocações econômicas, como o artesanato, o turismo, a moda, a carne, o queijo, a mineração, o comércio diversificado e os serviços privados que atraem consumidores do sertão potiguar e paraibano. “Os lojistas da região tem um traço empreendedor muito forte, que desafia as dificuldades naturais. A FENECITI foi uma oportunidade para discutir tendências de mercado com os empresários locais”, enfatizou Afrânio Miranda, presidente da FCDL-RN.

A FENECITI contou com apoio do Sebrae, IFRN, UFRN, UERN UnP e ITEP; patrocínio: Governo Federal, Banco do Nordeste, Município de Caicó, Sistema FIERN, Fecomércio RN, Potigás, IPEM, CAERN, JUCERN, Cimento Mizu, Coca-Cola e Café Santa Clara.

Fonte: SEDEC RN

Próximos Eventos