CONSECTI http://www.consecti.org.br Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação Thu, 27 Nov 2014 13:04:13 +0000 pt-BR hourly 1 http://wordpress.org/?v=4.0.1 CETENE e FACEPE concluem avaliação de projetos submetidos a edital de interação de pesquisahttp://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/cetene-e-facepe-concluem-avaliacao-de-projetos-submetidos-edital-de-interacao-de-pesquisa/ http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/cetene-e-facepe-concluem-avaliacao-de-projetos-submetidos-edital-de-interacao-de-pesquisa/#comments Thu, 27 Nov 2014 13:04:13 +0000 http://www.consecti.org.br/?p=23971 O Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste (CETENE) e a Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (FACEPE) concluíram o processo de análise das propostas submetidas à primeira rodada do Edital de Apoio à Interação de Pesquisa entre o CETENE e Pesquisadores da Região Nordeste. Dezessete propostas foram submetidas e todas […]

The post CETENE e FACEPE concluem avaliação de projetos submetidos a edital de interação de pesquisa appeared first on CONSECTI.

]]>
O Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste (CETENE) e a Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (FACEPE) concluíram o processo de análise das propostas submetidas à primeira rodada do Edital de Apoio à Interação de Pesquisa entre o CETENE e Pesquisadores da Região Nordeste.

Dezessete propostas foram submetidas e todas aprovadas. O edital convida pesquisadores de universidades e instituições de pesquisa da Região Nordeste a apresentarem projetos nas áreas de Biotecnologia, Biocombustíveis, Nanotecnologia e Gestão/Inovação Tecnológica a serem desenvolvidos nas instalações do CETENE. Os aprovados receberão quotas de bolsas de pesquisa financiadas com recursos do Centro e concedidas pela FACEPE. Os projetos serão contratados a partir de janeiro de 2015.

Inscreveram-se pesquisadores de instituições como as universidades federais do Vale do São Francisco (Univasf), Alagoas (UFAL), Sergipe (UFS), Piauí (UFPI), Ceará (UFC), Pernambuco (UFPE Campus Recife), Rio Grande do Norte (UFRN); Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE ? Campus Serra Talhada); estaduais de Pernambuco (Campus Caruaru), Paraíba (UEPB), Santa Cruz (UESC), , e pesquisadores do próprio CETENE. O valor total aprovado para apoio aos projetos é de pouco mais de R$ 255 mil.

Além da concessão de bolsas, os projetos aprovados serão apoiados com a disponibilização, pelo CETENE, da infraestrutura física e de equipamentos.

O edital é fruto de parceria firmada em 2010 com o apoio institucional de outras Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) da Região Nordeste como a Funcema, do Maranhão, Fapepi, do Piauí, a cearense Funcap, a Fapern, do Rio Grande do Norte, Fapesq, da Paraíba, a alagoense Fapeal, a sergipana Fapitec e a baiana Fapesb.

O CETENE – sediado na cidade de Recife, é um centro de pesquisas vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação que tem por missão desenvolver pesquisas e inovações tecnológicas que tenham caráter estratégico para o desenvolvimento do Nordeste brasileiro, promovendo cooperações baseadas em redes de conhecimento e nos agentes da economia nordestina.

Baixe o resultado

Fonte: SECTEC-PE

The post CETENE e FACEPE concluem avaliação de projetos submetidos a edital de interação de pesquisa appeared first on CONSECTI.

]]>
http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/cetene-e-facepe-concluem-avaliacao-de-projetos-submetidos-edital-de-interacao-de-pesquisa/feed/ 0
Doutorado em Odontologia da UEPG conquista Prêmio Capes-Interfarmahttp://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/doutorado-em-odontologia-da-uepg-conquista-premio-capes-interfarma/ http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/doutorado-em-odontologia-da-uepg-conquista-premio-capes-interfarma/#comments Thu, 27 Nov 2014 13:02:15 +0000 http://www.consecti.org.br/?p=23969 Yasmine Mendes Pupo conquistou o Prêmio Capes-Interfarma de Inovação e Pesquisa 2014 com a tese “Polímero antimicrobiano (QAMP) para incorporação em sistema adesivo odontológico: desenvolvimento, caracterização físico-química, avaliação da permeabilidade vascular e propriedades mecânicas” defendida, em 2013, no Programa de Pós-Graduação em Odontologia (mestrado e doutorado) da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). No desenvolvimento […]

The post Doutorado em Odontologia da UEPG conquista Prêmio Capes-Interfarma appeared first on CONSECTI.

]]>
Yasmine Mendes Pupo conquistou o Prêmio Capes-Interfarma de Inovação e Pesquisa 2014 com a tese “Polímero antimicrobiano (QAMP) para incorporação em sistema adesivo odontológico: desenvolvimento, caracterização físico-química, avaliação da permeabilidade vascular e propriedades mecânicas” defendida, em 2013, no Programa de Pós-Graduação em Odontologia (mestrado e doutorado) da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). No desenvolvimento da tese, teve orientação dos professores João Carlos Gomes, Secretário Estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior; e Paulo Vitor Farago, diretor adjunto do Setor de Ciências Biológicas e da Saúde da UEPG.

A Capes (Coordenação de Pessoal de Nível Superior) destaca o trabalho como contribuição de extrema valia para o desenvolvimento e aprimoramento da área – e para o avanço da pós-graduação e do conhecimento científico de qualidade no Brasil. A premiação que se refere a teses defendidas, em 2013, e se constitui de certificado e bolsa de pós-doutorado. A entrega dos prêmios acontecerá na sede da Capes, em Brasília, no dia 10 de dezembro.
Premiação Capes-Interfarma

O prêmio Capes-Interfarma (Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa) destaca as duas melhores teses de doutorado relacionadas à Inovação e Pesquisa na Área de Saúde Humana ou Ética/Bioética no Brasil, nas áreas e sub-áreas de avaliação Medicina, Odontologia, Farmácia, Enfermagem ou de Ciências Biomédicas (que inclui Genética; Fisiologia, Bioquímica, Farmacologia; Imunologia, Microbiologia, Parasitologia e Biologia Celular). Os autores receberão dois prêmios (R$ 26.495,75/cada) totalizando R$ 52.991,50; troféu e certificado de premiação.

A premiação também se constitui de certificado para o orientador, co-orientador e programa em que ocorreu a defesa da tese; passagem aérea e diária para o autor e um dos orientadores da tese premiada para que compareçam à cerimônia de premiação; e R$ 3 mil (ao orientador) para participação em congresso nacional. Yasmine também receberá uma bolsa para realização de estágio pós-doutoral em instituição nacional de até três anos para o autor da tese. Mediante solicitação formal à CAPES, essa premiação poderá ser convertida em estágio pós-doutoral de um ano fora do país em uma instituição de notória excelência na área de conhecimento do premiado.

Valorização e Patente - Para Yasmine Pupo, o prêmio é a valorização do trabalho desenvolvido no doutorado da UEPG, que resultou em uma patente depositada no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial). Diz que a conquista traz, em seu âmbito, artigos publicados em revistas internacionais, além do envolvimento em trabalho multidisciplinar que envolveu professores pesquisadores de áreas como Farmácia, Química e Física. Considera, ainda, o aprendizado ao longo da pesquisa e a satisfação do envolvimento com o trabalho que resultou em uma das primeiras patentes do programa de pós-graduação em Odontologia da UEPG.

A patente se relaciona a um polímero antimicrobiano para incorporação em sistemas (produtos) odontológicos voltados à prevenção e tratamento das lesões de cárie secundária. “É um momento que mostra a preocupação da UEPG com a inovação – e com a oportunidade de contribuir no desenvolvimento de produtos a partir de pesquisas em parceria com indústrias da área. Yasmine ressalta a valorização da Capes, no Prêmio, em relação aos trabalhos de pesquisa produzidos em nível de doutorado.

Pontua o diferencial da UEPG na disponibilidade de equipamentos nos laboratórios do curso e multiusuários que permite a participação em pesquisas como a que gerou a premiação e a patente. Agradece aos orientadores pelo apoio e horas incansáveis na orientação que norteou a pesquisa – e o ensino de técnicas de outras áreas. “É o somatório de aprendizados que me orientam em direção a novas pesquisas”.

Grande Conquista – O professor João Carlos Gomes Yasmine pela dedicação e competência em todas suas atividades destaca a importância da premiação para o Programa de pós-graduação em Odontologia – e para a pós-graduação da UEPG e do Paraná. João Carlos acentua a qualidade do doutorado em Odontologia. “Foi o primeiro a ser implantado em uma instituição pública no Paraná, e com pouco mais de cinco anos recebe a maior premiação na qualidade de tese no país. O Prêmio comprova a qualidade dos alunos, professores e da coordenação do curso”. Sente-se honrado pela conquista que se trata do maior prêmio, em 2014, da Capes em avaliação de teses de doutorados do Brasil. Reforça:“É uma grande conquista para a UEPG e para a pós-graduação paranaense”.

Fonte: SETI-PR

The post Doutorado em Odontologia da UEPG conquista Prêmio Capes-Interfarma appeared first on CONSECTI.

]]>
http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/doutorado-em-odontologia-da-uepg-conquista-premio-capes-interfarma/feed/ 0
Pronatec vai beneficiar pessoas com deficiência, população de rua e adolescenteshttp://www.consecti.org.br/destaques/pronatec-vai-beneficiar-pessoas-com-deficiencia-populacao-de-rua-e-adolescentes/ http://www.consecti.org.br/destaques/pronatec-vai-beneficiar-pessoas-com-deficiencia-populacao-de-rua-e-adolescentes/#comments Thu, 27 Nov 2014 12:59:22 +0000 http://www.consecti.org.br/?p=23967 O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) terá uma modalidade para beneficiar pessoas com deficiência, adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas e moradores de rua. O chamado Pronatec Direitos Humanos teve regras e critérios para execução e monitoramento definidos em portaria da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH) […]

The post Pronatec vai beneficiar pessoas com deficiência, população de rua e adolescentes appeared first on CONSECTI.

]]>
O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) terá uma modalidade para beneficiar pessoas com deficiência, adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas e moradores de rua. O chamado Pronatec Direitos Humanos teve regras e critérios para execução e monitoramento definidos em portaria da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH) publicada hoje (26) no Diário Oficial da União.

De acordo com a portaria, a modalidade será dividida em três grupos: Pronatec Viver Sem Limite, Pronatec Sinase e Pronatec População de Rua.

A qualificação e o aperfeiçoamento profissional desses grupos será feita dentro das regras do programa, estabelecidas pelo Ministério da Educação, a partir de demandas apresentadas pela SDH.

A secretaria vai atuar em conjunto com órgãos estaduais, municipais e organizações da sociedade civil para identificar demandas e organizar a seleção e a pré-matrícula dos beneficiários.

Assim como nas outras modalidades do programa, os cursos do Pronatec Direitos Humanos serão ofertados pelas instituições das redes federal, estadual e municipal de educação profissional e instituições dos serviços nacionais de Aprendizagem.

Criado em 2011, o Pronatec já ofereceu cerca de 7,5 milhões de vagas. A meta do governo é chegar a 8 milhões até o fim de 2014, antes da segunda etapa do programa, que deverá oferecer 12 milhões de vagas entre 2015 e 2018.

Fonte: Agência Brasil

The post Pronatec vai beneficiar pessoas com deficiência, população de rua e adolescentes appeared first on CONSECTI.

]]>
http://www.consecti.org.br/destaques/pronatec-vai-beneficiar-pessoas-com-deficiencia-populacao-de-rua-e-adolescentes/feed/ 0
Museu da Vida da Fiocruz poderá ter monitoria para surdoshttp://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/museu-da-vida-da-fiocruz-podera-ter-monitoria-para-surdos/ http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/museu-da-vida-da-fiocruz-podera-ter-monitoria-para-surdos/#comments Thu, 27 Nov 2014 12:58:22 +0000 http://www.consecti.org.br/?p=23965 Um grupo de estudantes do oitavo e do nono anos do ensino fundamental do Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines), em Laranjeiras, zona sul do Rio de Janeiro, participou hoje (26) da primeira visita monitorada em Língua Brasileira de Sinais (Libras) ao Museu da Vida da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em Manguinhos, zona norte […]

The post Museu da Vida da Fiocruz poderá ter monitoria para surdos appeared first on CONSECTI.

]]>
Um grupo de estudantes do oitavo e do nono anos do ensino fundamental do Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines), em Laranjeiras, zona sul do Rio de Janeiro, participou hoje (26) da primeira visita monitorada em Língua Brasileira de Sinais (Libras) ao Museu da Vida da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em Manguinhos, zona norte do Rio de Janeiro.

Os quatro monitores são estudantes de pedagogia também do Ines e participaram do projeto Quebrando Barreiras Culturais: A Ciência e o Surdo, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que desenvolve sinais científicos em Libras, além de treinar surdos para trabalhar em museus e espaços de ciências.

A coordenadora do Serviço de Educação do Museu da Vida, Hilda Gomes, explica que o planejamento e o treinamento dos monitores começou há seis meses e a visita de hoje foi um teste para o projeto, que pode ser implantado no ano que vem.

“Escolhemos três atividades, aproveitando o conhecimento que eles tem em biologia e inserimos a história da Fiocruz. Elaboramos três roteiros, onde eles com a fluência em Libras receberam um público surdo para fazer a visita ao museu. Convidamos alunos do Ines do oitavo e nono anos do ensino fundamental. Estamos filmando e fotografando porque precisamos avaliar. Em duas semanas vamos avaliar para ver qual será a continuidade desse projeto para 2015”.

Colaboradora do projeto, a professora aposentada do Inês, Djane Cavalcanti, destaca que a iniciativa de monitoria para surdos é inédita no Brasil. “Muitos surdos que não vão aos museus, principalmente os de ciência, porque precisam de interpretação. Ao museu de arte, o surdo pode ir para visualizar as obras, mas o museu de ciência tem que ter uma comunicação entre o público e o mediador”.

Porém, Djane ressalta que o glossário científico desenvolvido pela UFRJ ainda não está amplamente difundido nas escolas para surdos e que tanto professores quanto estudantes precisam dessa atualização, já que “a todo momento” são criados novos sinais em Libras.

Fonte: Agência Brasil

The post Museu da Vida da Fiocruz poderá ter monitoria para surdos appeared first on CONSECTI.

]]>
http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/museu-da-vida-da-fiocruz-podera-ter-monitoria-para-surdos/feed/ 0
Centros que fazem testes em animais devem se vincular ao Conceahttp://www.consecti.org.br/destaques/centros-que-fazem-testes-em-animais-devem-se-vincular-ao-concea/ http://www.consecti.org.br/destaques/centros-que-fazem-testes-em-animais-devem-se-vincular-ao-concea/#comments Thu, 27 Nov 2014 12:56:38 +0000 http://www.consecti.org.br/?p=23963 Os centros de pesquisa públicos ou privados que fazem procedimentos em animais vivos deverão se vincular ao sistema legal do Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (Concea), com a formalização de instrumento de cooperação com uma das instituições de ensino credenciada junto ao conselho. A resolução normativa foi publicada no Diário Oficial da União […]

The post Centros que fazem testes em animais devem se vincular ao Concea appeared first on CONSECTI.

]]>
Os centros de pesquisa públicos ou privados que fazem procedimentos em animais vivos deverão se vincular ao sistema legal do Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (Concea), com a formalização de instrumento de cooperação com uma das instituições de ensino credenciada junto ao conselho. A resolução normativa foi publicada no Diário Oficial da União e entra em vigor hoje (26).

A norma abrange centros que usam os animais em atividades de ensino, extensão, capacitação, treinamento, transferência de tecnologia, ou quaisquer outras com finalidade didática. Entretanto, não se enquadram estabelecimentos de ensino superior e de educação profissional técnica de nível médio da área biomédica, regulados pela Lei nº 11.794, de 2008.

O instrumento de cooperação vinculará a instalação do centro à instituição de ensino credenciada e definirá a relação dos profissionais habilitados que se responsabilizarão presencialmente pelos procedimentos. A instituição de ensino credenciada, por sua vez, determinará a vinculação do centro à sua Comissão de Ética no Uso de Animais, para exame prévio dos protocolos pedagógicos a serem desenvolvidos com o uso de animais.

Os protocolos pedagógicos que objetivem o desenvolvimento de habilidades deverão, sempre que possível, iniciar a capacitação pela adoção de métodos alternativos, tais como a observação, os simuladores, vídeos, as caixas de treinamento, os manequins e cadáveres.

Fonte: Agência Brasil

The post Centros que fazem testes em animais devem se vincular ao Concea appeared first on CONSECTI.

]]>
http://www.consecti.org.br/destaques/centros-que-fazem-testes-em-animais-devem-se-vincular-ao-concea/feed/ 0
2015 será o ano da criatividade e da especializaçãohttp://www.consecti.org.br/destaques/2015-sera-o-ano-da-criatividade-e-da-especializacao/ http://www.consecti.org.br/destaques/2015-sera-o-ano-da-criatividade-e-da-especializacao/#comments Thu, 27 Nov 2014 12:54:46 +0000 http://www.consecti.org.br/?p=23961 Vivendo sob a sombra de uma economia desacelerada em 2014, nos deparamos com previsões bastante desafiadoras para o mercado brasileiro em 2015. Mesmo assim, as empresas dão sinais de que há espaço para crescimento até em tempos menos favoráveis. A chave para os profissionais, e também para as corporações, será o alto rendimento e a […]

The post 2015 será o ano da criatividade e da especialização appeared first on CONSECTI.

]]>
Vivendo sob a sombra de uma economia desacelerada em 2014, nos deparamos com previsões bastante desafiadoras para o mercado brasileiro em 2015. Mesmo assim, as empresas dão sinais de que há espaço para crescimento até em tempos menos favoráveis. A chave para os profissionais, e também para as corporações, será o alto rendimento e a especialização. Será preciso fazer muito mais e a única forma de atingir alta eficiência é reunindo as competências e profissionais certos.

A atualização sempre foi e continuará sendo fundamental para os profissionais, já que as empresas buscam funcionários criativos, com poder de decisão e capacidade para contornar situações extremamente dinâmicas no ambiente corporativo. Em um mercado em desaceleração, um profissional que não reúna as qualidades necessárias para aumentar seu rendimento, e também o de sua equipe, perde espaço.

Se pelo lado do profissional é preciso encarar de vez aquela pós-graduação, curso ou certificação, pelo lado da corporação é necessário criar ou melhorar os mecanismos que valorizem essa capacidade de atualização. Além dos incentivos aos cursos, que vão desde parcerias com instituições e liberação de horários de trabalho, é preciso criar um espírito de compartilhamento de conhecimento, incentivando a troca entre áreas e a valorização do conhecimento dos indivíduos.

As empresas que possuem foco na disrupção e que buscam a inovação precisam incentivar as pessoas a participarem desse processo, alinhando os valores da corporação com essa necessidade. No Facebook, por exemplo, incentivamos os funcionários a participarem de projetos de uma forma diferente, com o espírito do “fail harder” (erre profundamente).

Estimulamos que as pessoas tomem risco em suas decisões, que sejam robustas na forma que propõem algo e que não tenham medo de fazer qualquer questionamento dentro da empresa. Para construir espaços de discussão, temos todas as sextas uma sessão de perguntas e respostas para que os funcionários esclareçam quaisquer dúvidas em relação à empresa.

Essa é só uma das formas de fazer com que todos internalizem esses valores e tentem aplicá-los no dia a dia. Isso permite que as pessoas não fiquem com medo de falhar e proponham soluções que sejam relevantes para a corporação e também para seu desenvolvimento como profissionais.

Nos últimos anos, acompanhamos um grande movimento de mercado na direção dos dispositivos móveis. Para tirar proveito dessa tendência, é necessário que a empresa tenha uma capacidade adaptativa muito grande. No caso das empresas de tecnologia, onde o espírito de startup ainda é muito forte, a capacidade de alterar políticas internas, filosofias de trabalho e valores é maior.

Ao abraçar um pouco desse espírito, as empresas se tornam mais flexíveis, permitindo que contornem adversidades com mais facilidade. Essa flexibilidade deve partir do CEO e dos gestores e chegar até os níveis mais baixos. Todos precisam reconhecer e desenvolver esse espírito. Com isso enraizado, será muito mais fácil incorporar qualquer mudança de mercado, mesmo uma tão profunda como a mobilidade.

Também é preciso valorizar individualmente o profissional que é proativo na busca por aprimoramento. Esse apoio pode surgir de várias formas. Desde a criação de indicadores de desempenho que considerem a evolução do indivíduo, até feedbacks sazonais em 360 graus, com o gestor e colegas de equipes, sobre a evolução e aplicabilidade do aprendizado no dia a dia.

Toda essa cultura de especialização também precisa andar lado a lado com o compartilhamento. Quanto mais mecanismos de troca de informações existirem para os profissionais, mais fácil será a compreensão da necessidade de aprimoramento pelos funcionários. Aqui são inúmeras as possibilidades. Desde ciclos de palestras, grupos multidisciplinares de desenvolvimento de produtos ou criação de workshops para partilhar habilidades específicas.

Para 2015, portanto, é preciso continuar estimulando equipes a trabalharem da melhor forma, com um ambiente inspirador e divertido, mas também altamente capacitado, pronto para absorver qualquer conhecimento que dê suporte ao desenvolvimento do negócio e aumente a produção com qualidade.

Fonte: Valor Econômico

The post 2015 será o ano da criatividade e da especialização appeared first on CONSECTI.

]]>
http://www.consecti.org.br/destaques/2015-sera-o-ano-da-criatividade-e-da-especializacao/feed/ 0
Universidades incentivam startups em incubadorashttp://www.consecti.org.br/destaques/universidades-incentivam-startups-em-incubadoras/ http://www.consecti.org.br/destaques/universidades-incentivam-startups-em-incubadoras/#comments Thu, 27 Nov 2014 12:51:49 +0000 http://www.consecti.org.br/?p=23959 Pode parecer simples, mas o incentivo ao empreendedorismo nas universidades é um dos principais fatores que faz de Los Angeles, na Califórnia, um berço de inovação tecnológica, rivalizando com o Vale do Silício, na vizinha San Francisco. “Por que abandonar sua ideia para trabalhar para os outros?”, questiona James Bottom, diretor de projetos da BlackStone […]

The post Universidades incentivam startups em incubadoras appeared first on CONSECTI.

]]>
Pode parecer simples, mas o incentivo ao empreendedorismo nas universidades é um dos principais fatores que faz de Los Angeles, na Califórnia, um berço de inovação tecnológica, rivalizando com o Vale do Silício, na vizinha San Francisco. “Por que abandonar sua ideia para trabalhar para os outros?”, questiona James Bottom, diretor de projetos da BlackStone Launchpad, modelo criado para incentivar o empreendedorismo no ensino superior, na Universidade do Sul da Califórnia (USC).

Na LavaLab, primeira incubadora de design de produtos criada por estudantes da USC, “o fracasso é esperado e apreciado”, diz o estudante Alex Zhang. É melhor falhar na faculdade que no mercado de trabalho. Entre jantares e eventos com profissionais gabaritados, nascem projetos que vão para o mercado. Um deles recebeu financiamento no semestre passado, ajudando a pagar as contas da incubadora.

A criatividade e a troca de ideias criam uma vibração positiva que vai das universidades para empresas e ecoa por toda a cidade. Nesta grande comunidade de empreendedores é difícil não encontrar alguém com um projeto inovador ou que não esteja de olho em uma boa oportunidade para investir. “Há algo especial acontecendo aqui. Ao contrário do Vale do Silício, em que cada um está competindo com o outro, nós queremos nos ajudar”, diz Dylan Steinman, desenvolvedor de negócios na Cross Campus, espaço de trabalho colaborativo que abriga cerca de 120 empresas, a maioria startups.

Segundo dados do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Los Angeles e da prefeitura, há mais pessoas empregadas no setor de alta tecnologia na cidade do que em qualquer outra região metropolitana dos Estados Unidos. Eles representam 9% de todos os empregos e 17% do total de salários de Los Angeles. Apenas em 2013, Los Angeles atraiu US$ 1,5 bilhão em venture capital para suas startups. Entre companhias que receberam investimentos relevantes estão as startups Honest Company, que comercializa produtos sem componentes tóxicos para bebês, e JustFab, clube de assinatura de produtos de moda.

“O profissional, ao ser entrevistado para um emprego, é avaliado por sua experiência em lançar novos negócios”, diz Gustavo Demoner, conselheiro da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA) e diretor de inovação da consultoria beBOLD. Para recém-formados, ter experiência com startups é quase obrigatório. Por isso, o melhor lugar para fracassar é a instituição de ensino.

Alguns desafios nas universidades locais são semelhantes aos que enfrentamos no Brasil, como a fuga de profissionais (no caso, para San Francisco) e a necessidade de mais investidores e de financiamento. Os problemas, porém, também são oportunidades, diz Michelle Garakian, que integra a equipe do prefeito Eric Garcetti, de Los Angeles, para assuntos da indústria de tecnologia.

Entre as saídas encontradas estão a manutenção de baixas alíquotas de impostos para o setor de tecnologia, o fomento de parcerias entre universidades e empresas e um fundo de US$ 1 milhão, anunciado neste mês, para premiar as melhores ideias de funcionários da prefeitura para melhorar o trabalho por meio da inovação.

Fonte: Valor

The post Universidades incentivam startups em incubadoras appeared first on CONSECTI.

]]>
http://www.consecti.org.br/destaques/universidades-incentivam-startups-em-incubadoras/feed/ 0
Fortaleza quer ser o hub para troca de tráfego Internet na América Latinahttp://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/fortaleza-quer-ser-o-hub-para-troca-de-trafego-internet-na-america-latina/ http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/fortaleza-quer-ser-o-hub-para-troca-de-trafego-internet-na-america-latina/#comments Thu, 27 Nov 2014 12:37:30 +0000 http://www.consecti.org.br/?p=23957 A capital do Ceará, Fortaleza, pode se consolidar como um hub para a Internet brasileira. Conforme explicou Milton Kaoru Kashiwakura, do NIC.br, durante o evento PTT Fórum 8, realizado dias 24 e 25 de novembro em São Paulo, os cabos submarinos vêm do Hemisférico Norte, passam por Fortaleza (apenas um passa por Salvador) e vão […]

The post Fortaleza quer ser o hub para troca de tráfego Internet na América Latina appeared first on CONSECTI.

]]>
A capital do Ceará, Fortaleza, pode se consolidar como um hub para a Internet brasileira. Conforme explicou Milton Kaoru Kashiwakura, do NIC.br, durante o evento PTT Fórum 8, realizado dias 24 e 25 de novembro em São Paulo, os cabos submarinos vêm do Hemisférico Norte, passam por Fortaleza (apenas um passa por Salvador) e vão para Santos (SP) e Rio de Janeiro.

“O que tem acontecido, se você analisar os dados, é que o volume do tráfego brasileiro saía de SP e RJ, mas a partir de 2012 já se faz presente tráfego saindo de Fortaleza e Salvador”, comentou. A maior diferença é que antes os cabos só passavam pelas cidades do Nordeste, sem ter um roteador local, mas agora tem.

Aproveitando a localização das fibras, durante painel sobre cabos submarinos, Fernando carvalho, presidente Etice (Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará), salientou que o governo estadual vem incentivando a instalação de empresas que estejam interessadas em se instalar perto das FO ou dos PTT locais.

“Hoje, grande parte do tráfego que circula no Brasil é trocado em Miami (EUA) e é interessante que o tráfego da América do Sul seja trocado na região. E, por questão geográfica, Fortaleza é o ponto interessante para ter cabos submarinos”, destacou, lembrando que há incentivo da prefeitura de redução de Imposto sobre Serviço para quem alocar o data center na cidade.

Um consórcio formado pelas empresas Algar Telecom (Brasil), Antel (Uruguai), Angola Cables (Angola) e Google (Estados Unidos) já vislumbrou oportunidades e está à frente da construção de um cabo submarino que conectará as cidades brasileiras de Santos e Fortaleza com Boca Raton, no estado da Flórida, nos Estados Unidos, Em paralelo, Antel vai arquitetar um cabo submarino para conectar Brasil e Uruguai e a Angola Cables fará o mesmo para ligar Angola a Fortaleza, onde irá operar um data center. A cobertura completa do PTT Fórum pode ser vista no portal da Abranet.

*Roberta Prescott é do portal da Abranet

Fonte: Convergência Digital

The post Fortaleza quer ser o hub para troca de tráfego Internet na América Latina appeared first on CONSECTI.

]]>
http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/fortaleza-quer-ser-o-hub-para-troca-de-trafego-internet-na-america-latina/feed/ 0
Governo de Minas incorpora Fundação de Ensino Superior de Passos e amplia acesso à universidadehttp://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/governo-de-minas-incorpora-fundacao-de-ensino-superior-de-passos-e-amplia-acesso-universidade/ http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/governo-de-minas-incorpora-fundacao-de-ensino-superior-de-passos-e-amplia-acesso-universidade/#comments Wed, 26 Nov 2014 13:03:28 +0000 http://www.consecti.org.br/?p=23946 O Governo de Minas Gerais oficializou, nessa segunda-feira (03/11), em Passos, no Sul do Estado, a absorção da Fundação de Ensino Superior de Passos (Fesp) pela Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg), garantindo ensino gratuito para 3.913 alunos da cidade e região. Com a estadualização da Fesp e de outras seis instituições realizadas desde […]

The post Governo de Minas incorpora Fundação de Ensino Superior de Passos e amplia acesso à universidade appeared first on CONSECTI.

]]>
O Governo de Minas Gerais oficializou, nessa segunda-feira (03/11), em Passos, no Sul do Estado, a absorção da Fundação de Ensino Superior de Passos (Fesp) pela Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg), garantindo ensino gratuito para 3.913 alunos da cidade e região. Com a estadualização da Fesp e de outras seis instituições realizadas desde abril deste ano, a Uemg torna-se umas das maiores universidade de Minas Gerais, saltando de 5.700 para cerca de 18 mil alunos beneficiados.
O auditório do Clube Passense ficou lotado por centenas de estudantes, professores e moradores que fizeram uma grande festa no momento em que o governador Alberto Pinto Coelho assinou o documento que integrou a Fundação de Ensino Superior de Passos à Uemg. Alberto Pinto Coelho ressaltou a conquista histórica para o povo mineiro com o aumento das oportunidades para se conseguir um diploma universitário estudando com qualidade e gratuitamente. ?A Fesp tem por volta de quatro mil alunos, e todos esses a partir de agora contam com ensino superior gratuito. O fundamental é essa conquista da sociedade, mas certamente de um governo que sabe honrar seus compromissos?, disse o governador.
A ação marca o esforço do Governo de Minas em assegurar o acesso do maior número de mineiros ao ensino superior público e gratuito. A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes) e a Uemg trabalharam para a estadualização de instituições privadas que já atuavam em parceria com a Universidade do Estado. Foram feitos os levantamentos da realidade de cada unidade e o cumprimento de todas as formalidades legais, inclusive com a participação da Assembleia Legislativa ao aprovar a Lei 20.807, que autorizou o processo de absorção pela Uemg.
O governador destacou a importância da ampliação do ensino universitário gratuito como forma de promover o desenvolvimento social, levando a universidade às pessoas que não podem pagar para estudar. ?Por volta de 70% dos alunos que frequentam nossas universidades públicas estaduais são alunos que vieram da rede pública estadual, ou seja, são de famílias de menor poder aquisitivo e, portanto, asseguramos a oportunidade que seus filhos possam se profissionalizar, com cursos superiores e oportunidades de vida para se realizarem?, afirmou Alberto Pinto Coelho.
A estadualização da Fesp é a última prevista e, após a reestruturação da fundação, estará concluído o processo de ampliação total da Uemg, que se consolida como uma das maiores instituições de ensino superior de Minas Gerais. O número de cursos de graduação oferecidos pela universidade salta de 32 para 112, e o quadro de professores sobe de 853 para 1.800. A Uemg também oferece cursos de pós-graduação Lato Sensu e Stricto Sensu.
Além da comunidade universitária, também participaram da solenidade o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues; o prefeito de Passos, Ataíde Vilela; o reitor da Uemg, Dijon Moraes Júnior; o presidente do Conselho Curador da Fesp, Fabio Kallas; parlamentares, entre outras autoridades.
Fesp
A Fundação de Ensino Superior de Passos (Fesp) foi instituída pela Lei Estadual 6.140/1973 em substituição à Fundação Faculdade de Filosofia de Passos, existente desde 1965. Em abril de 1990, em função do artigo 81, do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias da Constituição de Minas Gerais, que criou a Uemg, a Fesp optou por integrá-la, após consulta ao corpo discente, docente e administrativo da instituição e à comunidade passense.
A Fesp representa importante papel no desenvolvimento socioeconômico do município de Passos e região. Atualmente, são ofertados 24 cursos: Administração; Biomedicina; Ciências Biológicas; Ciências Contábeis; Direito; Educação Física Licenciatura; Educação Física Bacharelado; Enfermagem; Engenharia Agronômica; Engenharia Ambiental; Engenharia Civil; Engenharia de Produção; Estética e cosmética; Gestão Comercial; História; Jornalismo; Letras; Matemática; Moda; Nutrição; Pedagogia; Publicidade; Serviço Social e Sistemas de Informação.
Com a estadualização da fundação, ficam transferidas à Uemg as atividades de ensino, pesquisa e extensão, assim como os estudantes regularmente matriculados, ficando assegurado aos alunos o ensino público e gratuito. Já foram estadualizadas desde abril a Fundação Helena Antipoff (Ibirité); Fundação Educacional Campanha da Princesa (Campanha); Fundação Fafile (Carangola), Fundação Educacional do Vale do Jequitinhonha (Fevale) (Diamantina), Fundação Educacional (Feit) (Ituiutaba) e Educacional (Funedi) (Divinópolis).
Fonte: SECTES-MG

The post Governo de Minas incorpora Fundação de Ensino Superior de Passos e amplia acesso à universidade appeared first on CONSECTI.

]]>
http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/governo-de-minas-incorpora-fundacao-de-ensino-superior-de-passos-e-amplia-acesso-universidade/feed/ 0
Divulgadas propostas aprovadas no Programa Tecnova em MShttp://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/divulgadas-propostas-aprovadas-no-programa-tecnova-em-ms/ http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/divulgadas-propostas-aprovadas-no-programa-tecnova-em-ms/#comments Wed, 26 Nov 2014 13:02:23 +0000 http://www.consecti.org.br/?p=23944 A Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul (FUNDECT), torna público e homologa o resultado das propostas aprovadas na Chamada Fundect/Semac/Seprotur/Fundems Nº 24/2013 – Inova-MS, Seleção Pública de Propostas para apoio à Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Microempresa e Empresa de Pequeno Porte na Modalidade […]

The post Divulgadas propostas aprovadas no Programa Tecnova em MS appeared first on CONSECTI.

]]>
A Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul (FUNDECT), torna público e homologa o resultado das propostas aprovadas na Chamada Fundect/Semac/Seprotur/Fundems Nº 24/2013 – Inova-MS, Seleção Pública de Propostas para apoio à Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Microempresa e Empresa de Pequeno Porte na Modalidade Subvenção Econômica em Mato Grosso do Sul (Programa Tecnova).

Acesse o resultado.

Fonte: Fundect

The post Divulgadas propostas aprovadas no Programa Tecnova em MS appeared first on CONSECTI.

]]>
http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/divulgadas-propostas-aprovadas-no-programa-tecnova-em-ms/feed/ 0