CONSECTI http://www.consecti.org.br Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação Tue, 18 Nov 2014 16:49:04 +0000 pt-BR hourly 1 http://wordpress.org/?v=4.0 UFC é destaque em evento nacional sobre formação na área de saúdehttp://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/ufc-e-destaque-em-evento-nacional-sobre-formacao-na-area-de-saude/ http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/ufc-e-destaque-em-evento-nacional-sobre-formacao-na-area-de-saude/#comments Tue, 18 Nov 2014 16:49:04 +0000 http://www.consecti.org.br/?p=23861 A experiência da Universidade Federal do Ceará na área de formação on-line de profissionais da saúde é destaque na XIX Reunião da Rede UNA-SUS – I Mostra de Experiências, que este ano ocorre em Fortaleza, nesta segunda e terça-feira, no Ponta Mar Hotel. O Vice-Reitor da UFC, Prof. Henry Campos – principal responsável pela inserção […]

The post UFC é destaque em evento nacional sobre formação na área de saúde appeared first on CONSECTI.

]]>
A experiência da Universidade Federal do Ceará na área de formação on-line de profissionais da saúde é destaque na XIX Reunião da Rede UNA-SUS – I Mostra de Experiências, que este ano ocorre em Fortaleza, nesta segunda e terça-feira, no Ponta Mar Hotel. O Vice-Reitor da UFC, Prof. Henry Campos – principal responsável pela inserção da UFC nessa rede nacional vinculada ao Ministério da Saúde –, compôs a mesa de abertura do evento esta manhã, e destacou a importância do intercâmbio de saberes como estratégia para melhoria do SUS no Brasil.

Conforme explica o Prof. Henry, a Rede UNA-SUS (www.unasus.gov.br), criada pelo Governo Federal em 2010, surgiu com o objetivo de atender à demanda do Sistema Único de Saúde por mais qualificação e formação especializada, tendo a Internet e as novas tecnologias digitais como aliadas. “Se fôssemos utilizar os modelos de cursos tradicionais, levaríamos décadas para contemplar a demanda. Hoje, temos turmas de, pelo menos, mil participantes”, explicou o Vice-Reitor, ao destacar o pioneirismo da UFC na empreitada.

Hoje a Rede é composta por 36 instituições brasileiras que se dedicam a formar profissionais médicos e não médicos, de capitais e municípios do interior do País. São capacitações e especializações em áreas como Saúde da Família, Saúde do Idoso, Vigilância Epidemiológica, dentre outras. De acordo com a coordenadora-executiva da UNA-SUS UFC, Profª Raquel Rolim, o Ceará já formou cerca de dois mil profissionais em cursos de especialização e mais de 10 mil em capacitações.

Na UFC, as atividades são realizadas através do Núcleo de Tecnologias e Educação a Distância em Saúde (Nuteds). O público-alvo são profissionais da saúde participantes do Programa Mais Médicos e do Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (PROVAB), ambos do Governo Federal.

A UFC NO EVENTO – Durante a XIX Reunião da Rede UNA-SUS, nesta segunda-feira, a UFC irá se inserir no debate com apresentação da Profª Lídia Eugênia Cavalcante, do Departamento de Ciência da Informação, uma das coordenadoras do programa interdisciplinar de Extensão chamado “Inovação, educação a distância e tecnologias digitais da área de saúde”. A partir das 16h15min, ela falará sobre a experiência exitosa da UFC no desenvolvimento e avaliação de metodologias que possam viabilizar e aperfeiçoar a educação médica a distância.

De acordo com a Profª Lídia, há vários desafios a serem enfrentados na área de formação on-line, como o baixo letramento digital de alguns dos profissionais e os problemas de Internet banda larga em alguns municípios. O desafio é, justamente, desenvolver materiais off-line para os profissionais, melhorar o letramento e a inclusão digital dos participantes, dentre outras tarefas, explicou a Profª Lídia. O programa é interdisciplinar e conta com pesquisadores das áreas de ciência da informação, tecnologia e saúde.

Da abertura do evento, além do Prof. Henry, participaram o representante da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, do Ministério da Saúde, Aristides Oliveira; o representante da UNA-SUS Francisco Eduardo de Campos; a representante da Vice-Presidência de Ensino, Informação e Comunicação da Fiocruz, Ariana Coser; o Pró-Reitor de Planejamento, Orçamento e Finanças da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Hermano Perelli de Moura; e o médico e deputado federal eleito Odorico Monteiro.

Fonte: UFC

The post UFC é destaque em evento nacional sobre formação na área de saúde appeared first on CONSECTI.

]]>
http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/ufc-e-destaque-em-evento-nacional-sobre-formacao-na-area-de-saude/feed/ 0
Governo do Amazonas destina R$ 2,5 milhões para projetos de inclusão socialhttp://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/governo-amazonas-destina-r-25-milhoes-para-projetos-de-inclusao-social/ http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/governo-amazonas-destina-r-25-milhoes-para-projetos-de-inclusao-social/#comments Tue, 18 Nov 2014 16:45:05 +0000 http://www.consecti.org.br/?p=23859 Com um aporte financeiro de R$ 2,5 milhões para o desenvolvimento de processos, produtos e tecnologias que possam propiciar maior autonomia e independência aos deficientes visuais, auditivos, físicos e múltiplos, o Governo do Estado, via Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM), lançou na noite desta segunda-feira (17/11) o Edital do Programa […]

The post Governo do Amazonas destina R$ 2,5 milhões para projetos de inclusão social appeared first on CONSECTI.

]]>
Com um aporte financeiro de R$ 2,5 milhões para o desenvolvimento de processos, produtos e tecnologias que possam propiciar maior autonomia e independência aos deficientes visuais, auditivos, físicos e múltiplos, o Governo do Estado, via Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM), lançou na noite desta segunda-feira (17/11) o Edital do Programa Estadual de Atenção à Pessoa com Deficiência (Viver Melhor/Pró-Assistir).

“É importante que a comunidade científica comece a perceber as necessidades dessa parte da sociedade para poder mostrar que a tecnologia é um mecanismo de inclusão para todos. Estamos mostrando o resultado do edital anterior e criando uma cultura, de forma contínua, para que essa propositura, essa oferta de fomento alcance cada vez mais pessoas e se transforme no desenvolvimento de produtos voltados para essa parcela da sociedade”, disse a diretora-presidenta da FAPEAM, Maria Olívia Simão.

O lançamento do edital foi realizado durante a abertura do 17º Encontro Brasileiro de Usuários de Dosvox, no Quality Hotel Manaus, na Avenida Mário Ypiranga, bairro Adrianópolis. O evento, promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Seped), iniciou nesta segunda-feira (17/11) e se estenderá até a próxima quinta-feira (20/11).

A secretária da Seped, Vânia Suely de Melo e Silva, ressaltou a importância das discussões ao longo do evento e disse que a parceria com a FAPEAM,  para o desenvolvimento de projetos de pesquisa voltados à pessoa com deficiência, tem sido determinante para a inclusão social no Amazonas. “O objetivo do evento é realizar a troca de experiência entre as pessoas com deficiência, massificando o conhecimento sobre o Dosvox, que é um sistema de voz que facilita o uso do computador por essas pessoas. A FAPEAM procurou a Seped com a intenção de fazer um edital para mudarmos conceitos e utilizarmos a ciência para geração de benefícios”, disse a secretária.

Inclusão social

Para o presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Mário Célio Ferreira de Castro Alves, a realização do evento coloca o Amazonas à frente dos demais Estados do País na discussão a respeito de tecnologias assistivas, voltadas à inclusão social. “Nossa perspectiva é que, a partir desse edital lançado pela FAPEAM, as empresas e os pesquisadores desenvolvam os seus projetos (de pesquisa) e proporcionem a inclusão social aliada à tecnologia”, disse Alves.

De acordo com dados do censo realizado em 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Amazonas tem 790,6 mil pessoas com algum tipo de deficiência. Dentre elas,  há 650 mil pessoas com algum tipo de deficiência visual e 200 mil pessoas com deficiência motora.

O coordenador do Núcleo de Computação Eletrônica (NCE) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Antônio dos Santos Borges, responsável pela criação do Dosvox, disse que o sistema está à disposição de pesquisadores do Amazonas para ser aperfeiçoado ou servir como base para novos processos e/ou protótipos para inclusão social e melhoria de vida das pessoas com deficiência.

“Desde já, quero nos colocar à disposição, como parceiros, para que estudantes e pesquisadores do Amazonas aproveitem o edital para utilizar e fazer melhorias no Dosvox. Não tenho como achar ruim uma iniciativa que vai proporcionar a inclusão social e o desenvolvimento de novas tecnologias para acessibilidade”, disse.

Sobre o Viver Melhor/Pró-assistir

O Programa foi idealizado pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti/AM) e desenvolvido e implementado em parceria com a FAPEAM e a Seped, com objetivo de apoiar projetos de pesquisa que visem ao desenvolvimento de produto ou protótipo de produto de tecnologia assistiva, para promoção da funcionalidade, relacionada à atividade e participação de pessoas com deficiência, objetivando a sua autonomia, independência, qualidade de vida e inclusão social.

Fonte: FAPEAM

 

The post Governo do Amazonas destina R$ 2,5 milhões para projetos de inclusão social appeared first on CONSECTI.

]]>
http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/governo-amazonas-destina-r-25-milhoes-para-projetos-de-inclusao-social/feed/ 0
Sergipe apresenta novo sistema de crédito para empresas inovadorashttp://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/sergipe-apresenta-novo-sistema-de-credito-para-empresas-inovadoras/ http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/sergipe-apresenta-novo-sistema-de-credito-para-empresas-inovadoras/#comments Tue, 18 Nov 2014 16:35:16 +0000 http://www.consecti.org.br/?p=23857 A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e Ciência e Tecnologia (Sedetec) recebeu na segunda-feira, 17, a visita do gerente de recursos financeiros descentralizados da Fundação de Inovação de Pesquisa (Finep) do Governo Federal, Marcelo Nicolas Camargo, para apresentar o Inovacred, novo sistema de crédito para microempresas e empresas de pequeno porte inovadoras, visando a […]

The post Sergipe apresenta novo sistema de crédito para empresas inovadoras appeared first on CONSECTI.

]]>
A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e Ciência e Tecnologia (Sedetec) recebeu na segunda-feira, 17, a visita do gerente de recursos financeiros descentralizados da Fundação de Inovação de Pesquisa (Finep) do Governo Federal, Marcelo Nicolas Camargo, para apresentar o Inovacred, novo sistema de crédito para microempresas e empresas de pequeno porte inovadoras, visando a possibilidade de atrair bancos de desenvolvimento, agentes de fomento e empresas em Sergipe.

De acordo com o representante da Finep, o programa é uma forma de impulsionar o desenvolvimento descentralizado do Brasil, através de recursos reembolsáveis, atingindo empresas com até R$ 90 milhões em rendimento, disponibilizando financiamentos de projetos de até R$10 milhões, que garantam a continuidade de uma forte cultura de desenvolvimento. “Temos 60 agentes de fomento operando em todo o Brasil, que sabem das necessidades locais e têm liberdade. Esse envolvimento colabora para aumentar a escala de produção”, informa Marcelo Nicolas.

O diretor de crédito de desenvolvimento do Banco do Estado de Sergipe (Banese) – um dos bancos presentes e com potencial para abarcar essa iniciativa no estado, Edson Freire Caetano, diz que “para o Banco do Estado é importante estar inserido em ações que contribuam com as microempresas e empresas de pequeno porte”, analisa positivamente.

Para o secretário da Sedetec, Saumíneo Nascimento, a chegada do projeto traz novas perspectivas para o Estado. “A associação com o Banese, engrandece o banco e o setor empresarial sergipano, que passa a enxergar novos horizontes”, enfatiza.

Também participaram da reunião o diretor-presidente da Companhia do Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise), Roberto Bispo; o diretor-presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec), José Ricardo Santana; o diretor presidente do Sergipe Parque Tecnológico (SergipeTec); o superintendente do Instituto Evaldo Lodi (IEL/SE), Rodrigo Rocha; e o gerente da superintendência de negócios varejo e governo do Banco do Brasil, Luís Fernando Rodrigues de Oliveira.

Fonte: SEDETEC

The post Sergipe apresenta novo sistema de crédito para empresas inovadoras appeared first on CONSECTI.

]]>
http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/sergipe-apresenta-novo-sistema-de-credito-para-empresas-inovadoras/feed/ 0
Semana Global do Empreendedorismo da Fucapi inicia nesta terça-feira (18)http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/semana-global-empreendedorismo-da-fucapi-inicia-nesta-terca-feira-18/ http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/semana-global-empreendedorismo-da-fucapi-inicia-nesta-terca-feira-18/#comments Tue, 18 Nov 2014 16:34:00 +0000 http://www.consecti.org.br/?p=23855 Nesta terça-feira 18 e 19/11, acontecem as atividades da Faculdade Fucapi por ocasião da Semana Global do Empreendedorismo. O local de realização do evento será no Salão Pró-Inovação, Bloco L, 2º andar, nas dependências da Fucapi Incubadora de Tecnologia (FIT), pela manhã e noite. No período da tarde, no dia 19/11, estão previstas apresentações de trabalhos científicos dos alunos. Segundo a […]

The post Semana Global do Empreendedorismo da Fucapi inicia nesta terça-feira (18) appeared first on CONSECTI.

]]>
Nesta terça-feira 18 e 19/11, acontecem as atividades da Faculdade Fucapi por ocasião da Semana Global do Empreendedorismo. O local de realização do evento será no Salão Pró-Inovação, Bloco L, 2º andar, nas dependências da Fucapi Incubadora de Tecnologia (FIT), pela manhã e noite. No período da tarde, no dia 19/11, estão previstas apresentações de trabalhos científicos dos alunos.

Segundo a coordenadora do evento, Emília Melo, o evento é organizado pelo curso de Administração com o objetivo de despertar a atitude empreendedora das pessoas. “Esperamos contar não só com a participação dos alunos do curso de Administração como também dos outros cursos e da comunidade em geral”, frisou.

A programação contará com palestras, atividade cultural, estandes das empresas incubadas na FIT, apresentação de trabalhos científicos, mesa-redonda, apresentação e premiação de trabalhos de alunos, tanto pela manhã quanto pela noite.

A coordenadora do evento e do curso de Administração explicou que o evento acontece anualmente em mais de 140 países durante 7 dias no mês de novembro. “Entre os dias 17 a 23 de novembro milhares de atividades acontecerão no País inteiro com o objetivo de promover e celebrar o empreendedorismo. Em 2013, atingiu a marca de mais de 9 mil parceiros, 25 mil atividades e 6 milhões de participantes”, informou Emília Melo.

Só o Brasil foi responsável em 2013 por mais de 4 mil atividades, 600 parceiros e quase 2 milhões de participantes, tendo gerado quase 40 milhões de mídia espontânea, e Facebook.

Sobre a Semana Global

Semana Global do Empreendedorismo é um grande movimento que acredita na causa do empreendedorismo como capaz de gerar desenvolvimento econômico social e transformar realidades, e busca, por meio de sua rede, da mídia e do ecossistema empreendedor conectado e ativado, promover melhorias no ambiente empreendedor brasileiro.

PROGRAMAÇÃO SEMANA GLOBAL DO EMPREENDEDORISMO

 18/11/2014

MANHÃ – Auditório da FIT

08h00Abertura
08h05 – 08h30Show com os estudantes da Escola Estadual Brigadeiro João Camarão Telles Ribeiro
08h30 – 09h40Palestra com Glauber Gomes – Caboquês Ilustrado
09h40 – 10h40Apresentação de empresa incubada na Fucapi Incubadora de Tecnologia – FIT (Filigane Consultoria Estratégica – Sr. Silvestre Paiva)
10h40 – 11h00Visita aos Stands
11h00 – 11h40Palestra com o Prof.º Ely Lemos–“Da Panela de Pressão à Educação”

NOITE – Auditório da FIT

19h00Abertura
19h05 – 19h30Show com o músico Rafael Almeida
19h30 – 20h10Palestra com Glauber Gomes – Caboquês Ilustrado
20h10 – 21h10Apresentação de empresa incubada na Fucapi Incubadora de Tecnologia – FIT (MUSA – Stefan Friedrick Keppler)
21h10 – 22h00Visita aos stands

 

19/11/2014

MANHÃ – Auditório da FIT

08h00 – 08h30Show com os estudantes da Escola Estadual Brigadeiro João Camarão Telles Ribeiro
08h30 – 09h30Palestra sobre “Empregabilidade”com Rodrigo Vasques – Strategic Advanced
09h30 – 10h00Visita aos stands
10h00 – 11h00Apresentação de empresas incubadas na Fucapi Incubadora de Tecnologia – FIT
11h00 – 11h40Premiação das equipes vencedoras nos trabalhos das disciplinas do Prof.º Ely Lemos

TARDE – Auditório – Bloco B

17h00Apresentação de Trabalhos Científicos

NOITE – Auditório da FIT

19h00 – 19h30Show com o músico Rafael Almeida
19h30 – 20h30Mesa redonda com os franqueados: Amaike Keric(Startup Trocados) e André Russo (Certificate Apple)
20h30 – 21h10Palestra com o Prof.º Ely Lemos–“Da Panela de Pressão à Educação”
21h10 – 22h00Visita aos Stands
22h00Encerramento

Fonte: FUCAPI

The post Semana Global do Empreendedorismo da Fucapi inicia nesta terça-feira (18) appeared first on CONSECTI.

]]>
http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/semana-global-empreendedorismo-da-fucapi-inicia-nesta-terca-feira-18/feed/ 0
Um laboratório para estimular a inovaçãohttp://www.consecti.org.br/destaques/um-laboratorio-para-estimular-inovacao/ http://www.consecti.org.br/destaques/um-laboratorio-para-estimular-inovacao/#comments Tue, 18 Nov 2014 16:31:00 +0000 http://www.consecti.org.br/?p=23853 No subsolo do centro administrativo da Samsung, um prédio de 43 andares localizado ao lado da estação de metrô Gangnam – a região mais nobre da cidade, que serviu de inspiração para o hit “Gangnam Style”, de 2012 – uma pequena sala com decoração moderna e despojada abriga o recém-criado laboratório de ideias da companhia. […]

The post Um laboratório para estimular a inovação appeared first on CONSECTI.

]]>
No subsolo do centro administrativo da Samsung, um prédio de 43 andares localizado ao lado da estação de metrô Gangnam – a região mais nobre da cidade, que serviu de inspiração para o hit “Gangnam Style”, de 2012 – uma pequena sala com decoração moderna e despojada abriga o recém-criado laboratório de ideias da companhia.

A estrutura, que conta com equipamentos como impressoras 3D para a criação de protótipos, foi criada para fomentar o desenvolvimento de novas ideias para produtos e serviços na área de tecnologia e pode ser usada por qualquer pessoa. Basta fazer um agendamento.

Mas o grande objetivo do laboratório é estimular a criatividade dos funcionários da própria fabricante. Grandes empresas geralmente têm dificuldades para detectar novas tendências e desenvolver produtos para atendê-las. Com estruturas e processos estabelecidos, fica difícil tomar o risco de investir em atividades que não são sua área principal.

Com essa visão restrita, grandes grupos deixam aberto o caminho para que empresas iniciantes ataquem esses nichos e roubem seus consumidores e até mesmo seus funcionários, especialmente os mais jovens. “Eles estão mais interessados no processo, e não no objetivo em si. Você tem que criar esse ambiente”, disse Bo-Young Shin, gerente do Samsung Creativity Lab.

Para desenvolver suas ideias, os funcionários ganham licenças de até 12 meses de suas atividades cotidianas. Ao fim do período, não há nenhum compromisso de entregar um produto que será usado pela companhia. “O mercado está mudando muito rápido. Devemos esquecer os modelos de sucesso do passado. Os atuais negócios da Samsung podem desaparecer nos próximos 5 ou 10 anos”, disse Shin.

Desde que foi inaugurado, no começo do ano passado, o laboratório já desenvolveu 63 projetos. Entre as iniciativas estão um chapéu capaz de medir ondas cerebrais e prever um derrame, um chip que detecta cheiros e óculos que podem ser usados por pessoas com deficiências motoras para movimentar o cursor do mouse em um computador, por exemplo. Neste ano, a companhia recebeu mais de 1,1 mil ideias. Desse total, sete foram selecionadas para ser desenvolvidas.

Por enquanto, o laboratório só está em operação na Coreia, mas o objetivo é replicar a estrutura em outros países a partir do ano que vem, inclusive no Brasil. “Já estive por lá para conversar sobre isso”, afirmou Shin.

Fonte: Valor

The post Um laboratório para estimular a inovação appeared first on CONSECTI.

]]>
http://www.consecti.org.br/destaques/um-laboratorio-para-estimular-inovacao/feed/ 0
Inovação como pilar da cultura corporativahttp://www.consecti.org.br/destaques/inovacao-como-pilar-da-cultura-corporativa/ http://www.consecti.org.br/destaques/inovacao-como-pilar-da-cultura-corporativa/#comments Tue, 18 Nov 2014 16:29:12 +0000 http://www.consecti.org.br/?p=23851 A AES Sul, concessionária de distribuição de energia elétrica que atua em 118 municípios gaúchos, atendendo a cerca de quatro milhões de pessoas, subiu ao lugar mais alto do pódio do Prêmio Nacional da Qualidade (PNQ) neste ano. Foi a segunda conquista da empresa, que, em 2010, quatro anos depois da adoção do Modelo de […]

The post Inovação como pilar da cultura corporativa appeared first on CONSECTI.

]]>
A AES Sul, concessionária de distribuição de energia elétrica que atua em 118 municípios gaúchos, atendendo a cerca de quatro milhões de pessoas, subiu ao lugar mais alto do pódio do Prêmio Nacional da Qualidade (PNQ) neste ano. Foi a segunda conquista da empresa, que, em 2010, quatro anos depois da adoção do Modelo de Excelência da Gestão (MEG), foi premiada pela primeira vez.

Para garantir a implementação da cultura da excelência, desde 2006, a AES Sul tem procurado disseminar seus valores por toda a empresa, estabelecer suas estratégias e objetivos, definir seus processos críticos, divulgando-os para que haja união de esforços para cumprir a missão e atingir a visão da companhia. Nesse sentido, foram realizadas diversas reuniões com os colaboradores e feito um mapa de aprendizado dos conceitos do MEG para que cada colaborador tivesse claro o que deve fazer. “Tentamos levar de forma lúdica o conhecimento a eles, para que a adesão dos colaboradores fosse a melhor possível e que a cultura da eficiência fosse disseminada”, destaca o diretor-geral da AES Sul, Antonio Carlos de Oliveira.

Inovação e sustentabilidade são dois pilares da cultura corporativa. A AES Sul tornou-se a primeira distribuidora do Brasil a usar postes de fibra de vidro reforçada com poliéster para linhas de subtransmissão. Com isso, obteve ganhos de instalação, como menor custo e redução do tempo de execução do projeto. Para instalar um poste de fibra, o tempo pode ser até 37,5% menor em relação às tradicionais torres de aço. Os primeiros postes foram utilizados em maio de 2012. Desde então a empresa deixou de emitir mais de 450 toneladas de CO2 em consequência da utilização do material inovador.

Os postes ainda não sofrem corrosão, reduzem os custos de manutenção, pois não precisam de pintura e inspeções tão frequentes. Também não sofrem o impacto causado por pássaros e insetos. “Mais de cem quilômetros já foram implementados com essa inovação, e a tendência é de que mais investimentos sejam feitos com postes de fibra quando for a melhor tecnologia disponível.”

O custo de instalação dos postes de fibra é mais baixo do que os de madeira. Enquanto se usam seis caminhões para fixar os postes de madeira, nos de fibra, são usados entre três ou quatro, já que o peso dos postes é menor. Em 2013, a AES Sul construiu aproximadamente 100 km de rede de transmissão utilizando postes de fibra. Como isso, economizou 19% no valor das obras, o que representou economia de R$ 2,8 milhões. A inovação foi premiada em um prêmio global interno da empresa.

Para estimular estudos de melhoria de processos, o Grupo AES mantém o programa AES Performance Excelence (Apex), uma iniciativa global que visa disseminar a cultura de excelência e melhoria contínua na organização, estimulando a busca por melhores resultados de maneira estruturada e sustentável. Anualmente, a área de melhoria contínua da AES Brasil organiza um evento de reconhecimento aos melhores projetos realizados. Durante a competição, são selecionadas oito iniciativas finalistas, que são apresentadas ao corpo de jurados, composto pela alta liderança, que seleciona os três projetos vencedores.

“Forma lúdica de transmissão do conhecimento contribui para a adesão dos colaboradores à cultura da eficiência”

Em 2013, a AES Sul inscreveu dez projetos no Apex Brasil, sendo que o projeto de utilização de postes de fibra de vidro foi o primeiro colocado. Utilizar fibra, em vez de madeira, aço ou concreto, proporcionou redução de 25% no custo final do trabalho. As estruturas feitas desse material também reduzem o impacto ambiental e são resistentes a fungos e ao fogo.

O envolvimento dos colaboradores é essencial na prestação do serviço. A Duração Equivalente de Interrupção por Consumidor em horas (DEC), um dos indicadores usados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para avaliar as empresas, teve queda de 30% em cinco anos. Em 2013, a empresa ficou entre as melhores no prêmio Abradee. Os investimentos anuais são de em torno de R$ 200 milhões, com foco na melhoria da rede e atendimento à carga.

O contato com os clientes tem ficado mais próximo. Em 2013, foi lançado o portal da loja virtual, proporcionando ao cliente a visualização das informações sobre o cadastro e a possibilidade de solicitação de serviços via internet. A AES Sul implementou ainda um sistema proativo de Serviço de Mensagens Curtas (SMS), que avisa o cliente sobre a programação ou o cancelamento de uma manutenção preventiva na rede elétrica. Além disso, a concessionária ampliou a capacidade de atendimento da Unidade de Resposta Audível do Call Center para a forma ativa, pela qual o cliente é informado antecipadamente o corte de energia.

Dos R$ 100 milhões aplicados no primeiro semestre desse ano, R$ 56 milhões foram para manutenção e modernização da rede, em obras como troca de postes, reformas, regulagem do nível de tensão, construção de alimentadores (circuitos elétricos de média tensão) e extensão de rede para novas ligações de energia. Desde 2012, a empresa investe na maior automação de rede, com a instalação de religadores automáticos e controles telecomandados, o que tem contribui para cortar 10% dos custos.

Com a rede mais automatizada, ganha-se precisão para avaliar os problemas que podem ser corrigidos remotamente ou então pode-se despachar a viatura mais próxima da ocorrência. As redes inteligentes de energia estão em estudo pela concessionária, que ainda observa o projeto piloto do grupo no Brasil: a AES Eletropaulo, que atua na região metropolitana, está finalizando a aquisição de 65 mil medidores inteligentes que serão instalados em Barueri (SP).

A AES Sul mantém diversas atividade sociais. Entre elas, destaca-se a de regularização de clientes, para atendimento das comunidades de baixo poder aquisitivo. Além da regularização das ligações, o programa educa o consumidor para o uso seguro e adequado da energia elétrica. Também identifica residências que necessitam de ações de eficiência energética, tais como reformas nas instalações elétricas, substituição de lâmpadas e de geladeiras em estado precário por modelos eficientes (com o selo Procel A) e instalação de chuveiros inteligentes. Em 2013, foi dado início ao quarto ciclo do programa, cuja meta é regularizar 2.500 famílias, beneficiando 10 mil pessoas entre 2013 e 2015, com investimento de R$ 19 milhões nos três anos. Só em 2013, o investimento foi de R$ 6,8 milhões. As regularizações beneficiaram 480 famílias, ou aproximadamente 2.400 pessoas.

Fonte: Valoir

The post Inovação como pilar da cultura corporativa appeared first on CONSECTI.

]]>
http://www.consecti.org.br/destaques/inovacao-como-pilar-da-cultura-corporativa/feed/ 0
INPE: Satélite da Telebras não ajuda a indústria nacionalhttp://www.consecti.org.br/destaques/inpe-satelite-da-telebras-nao-ajuda-industria-nacional/ http://www.consecti.org.br/destaques/inpe-satelite-da-telebras-nao-ajuda-industria-nacional/#comments Tue, 18 Nov 2014 16:24:30 +0000 http://www.consecti.org.br/?p=23849 O satélite geoestacionário encomendado pela Telebras e pelo Ministério da Defesa ajuda muito pouco, se ajuda algo, a indústria aeroespacial brasileira. Para o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, faltou combinar essa iniciativa e o parque instalado de fabricantes existentes no país – para não mencionar os projetos já existentes no programa espacial. “Haveria necessidade da […]

The post INPE: Satélite da Telebras não ajuda a indústria nacional appeared first on CONSECTI.

]]>
O satélite geoestacionário encomendado pela Telebras e pelo Ministério da Defesa ajuda muito pouco, se ajuda algo, a indústria aeroespacial brasileira. Para o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, faltou combinar essa iniciativa e o parque instalado de fabricantes existentes no país – para não mencionar os projetos já existentes no programa espacial.

“Haveria necessidade da utilização do poder de compra para apoiar capacitação nacional, exercitar mais a base industrial que existe. Temos entre 15 e 20 empresas que estão sem contratos, com risco de perder essa capacidade. É importante um mínimo de contratações para não correr o risco de que ela se desarticule. Seria importante que houvesse maior sinergia entre os programas”, disse o diretor do INPE, Luiz Fernando Perondi.

Como visto em audiência pública no Senado Federal nesta terça 18/11, não se trata de uma análise isolada. O Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas, que fez um levantamento sobre a capacitação brasileira no campo espacial, e o sindicato nacional de funcionários do setor aeroespacial fizeram o mesmo diagnóstico: não parece haver vasos comunicantes entre a encomenda do satélite e o avanço nas competências nacionais nesse território.

“É preciso previsibilidade e continuidade dos projetos espaciais e de aumento da participação da indústria nacional. Seria importante uma avaliação do que está sendo feito para ver se realmente a absorção de tecnologia como proposta é adequada à indústria nacional para que a gente não tenha uma surpresa desagradável”, alertou a diretora adjunta de políticas setoriais de inovação e infraestrutura do Ipea, Flávia Schmidt.

Autora do levantamento que identificou 104 empresas brasileiras ligadas ao setor aeroespacial, Schmidt destacou que se trata de um segmento com investimentos acima da média nacional em inovação, mas que sofre com a interrupção de encomendas – fatal em um mercado onde prevalecem pequenas indústrias. “Estão perdendo contratos”, repisou a pesquisadora.

O presidente do SindTC, Ivanil Barbosa, é mais enfático. “O modelo é equivocado. É preciso que se aproveite a força do poder de compra para fomentar a transferência de tecnologia que absolutamente é incipiente, não existe. A compra do SGDC, mesmo reconhecida sua necessidade, não deve figurar como desenvolvimento do programa espacial brasileiro. Até a especificação do satélite foi contratada de uma empresa canadense.”

Como ressaltou o diretor do INPE, o Brasil ainda não tem qualificação em todas as áreas, mas há campos onde a indústria nacional poderia atuar. “Na parte de cargas úteis e controle de altitude e órbita ainda não temos. Mas poderíamos atuar na plataforma, na estrutura, área que o Brasil domina muito bem, e na área de suprimento de energia e controle térmico também”, afirmou Perondi.

Previsão é que o satélite seja lançado em 2016. Ele já está em fase de construção na França, pela empresa Thales Alenia Space, que venceu a seleção internacional de fornecedores, promovida pela Visiona Tecnologia Espacial, joint-venture da Telebras e Embraer que atua como empresa integradora do projeto do satélite geoestacionário de defesa e comunicações estratégicas.

Fonte: TI Inside

The post INPE: Satélite da Telebras não ajuda a indústria nacional appeared first on CONSECTI.

]]>
http://www.consecti.org.br/destaques/inpe-satelite-da-telebras-nao-ajuda-industria-nacional/feed/ 0
Aprovado projeto que obriga uso de dispositivos de acessibilidade em PCs beneficiados pela Lei do Bemhttp://www.consecti.org.br/destaques/aprovado-projeto-que-obriga-uso-de-dispositivos-de-acessibilidade-em-pcs-beneficiados-pela-lei-bem/ http://www.consecti.org.br/destaques/aprovado-projeto-que-obriga-uso-de-dispositivos-de-acessibilidade-em-pcs-beneficiados-pela-lei-bem/#comments Tue, 18 Nov 2014 16:18:25 +0000 http://www.consecti.org.br/?p=23847 A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 1.569/11, do deputado Hugo Motta (PMDB-PB), que torna obrigatórios dispositivos de acessibilidade em produtos de informática beneficiados pela chamada Lei do Bem, de 2005, que garante alíquota zero para PIS/Cofins a computadores, impressoras, roteadores e outros equipamentos que sejam […]

The post Aprovado projeto que obriga uso de dispositivos de acessibilidade em PCs beneficiados pela Lei do Bem appeared first on CONSECTI.

]]>
A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 1.569/11, do deputado Hugo Motta (PMDB-PB), que torna obrigatórios dispositivos de acessibilidade em produtos de informática beneficiados pela chamada Lei do Bem, de 2005, que garante alíquota zero para PIS/Cofins a computadores, impressoras, roteadores e outros equipamentos que sejam classificados pelo Ministério da Fazenda como produtos que contribuem para a inclusão digital.

O relator da proposta, deputado Amauri Teixeira (PT-BA), fez apenas uma mudança, trocando o termo “portadores de deficiência visual” por “pessoas com deficiência visual”, de acordo com as convenções sobre o tema.

Pelo projeto, será obrigatória a inclusão, nesses eletrônicos, de sistemas que os tornem acessíveis aos portadores de deficiência visual: teclado em braile, fone de ouvido, microfone, programas leitores de tela e de aumento de caracteres.

O relator argumentou que o teclado em braile possui o mesmo formato e estrutura do teclado regular, tendo apenas a impressão em alto relevo da linguagem Braille em cada uma das teclas, o que não onera sua produção, nem muda o teclado para outros usuários. E ele ressaltou que o fone de ouvido e microfone são em geral equipamentos já comercializados com os computadores e de baixo custo.

“Quanto aos programas de informática que tornam os equipamentos acessíveis às pessoas com deficiência visual, caberá ao responsável pela execução do programa no âmbito do governo federal definir o de menor custo, ou algum programa que seja gratuito”, disse.

O projeto estabelece prazo de 120 dias para que a indústria se adapte à norma.

A proposta, que tramita em caráter conclusivo, ainda será analisada pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público, e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte: TI Inside com informações da Agência Câmara

The post Aprovado projeto que obriga uso de dispositivos de acessibilidade em PCs beneficiados pela Lei do Bem appeared first on CONSECTI.

]]>
http://www.consecti.org.br/destaques/aprovado-projeto-que-obriga-uso-de-dispositivos-de-acessibilidade-em-pcs-beneficiados-pela-lei-bem/feed/ 0
Acordo entre Faperj e universidades do Reino Unido amplia atuação científicahttp://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/acordo-entre-faperj-e-universidades-reino-unido-amplia-atuacao-cientifica/ http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/acordo-entre-faperj-e-universidades-reino-unido-amplia-atuacao-cientifica/#comments Mon, 17 Nov 2014 16:14:54 +0000 http://www.consecti.org.br/?p=23842 Em cerimônia realizada na Academida Brasileira de Ciências, a Faperj entregou nove termos de outorga no âmbito do edital: “Acordo de Cooperação Bilateral FAPERJ – Birmingham e/ou Nottingham – 2014′, que se destina a promover projetos conjuntos entre o Estado do Rio de Janeiro e as universidades britânicas. Em seu discurso, o secretário de Ciência […]

The post Acordo entre Faperj e universidades do Reino Unido amplia atuação científica appeared first on CONSECTI.

]]>
Em cerimônia realizada na Academida Brasileira de Ciências, a Faperj entregou nove termos de outorga no âmbito do edital: “Acordo de Cooperação Bilateral FAPERJ – Birmingham e/ou Nottingham – 2014′, que se destina a promover projetos conjuntos entre o Estado do Rio de Janeiro e as universidades britânicas. Em seu discurso, o secretário de Ciência e Tecnologia, Tande Vieira ressaltou o papel importante que a Fundação vem desenvolvendo na formação de parcerias visando ao crescimento científico no estado.

- A Faperj realmente é responsável pelo crescimento cientifico, tecnológico e por várias outras iniciativas que permitem cooperações entre países e que nos leve a uma patamar de excelência em pesquisa. Tivemos parcerias recentes com a Columbia University, com agência alemã de pesquisa, universidades do Chile e Argentina, agência suíça, francesa, entre outras. Esses acordos fazem com que o nosso Estado seja sempre um catalisador de novas pesquisas para o avanço das nossas universidades – afirmou o secretário.

Segundo o presidente da Fundação, Ruy Garcia Marques, a missão essencial da instituição é fomentar a investigação conjunta entre as instituições no Estado do Rio de Janeiro e as melhores instituições de todo o mundo:

- Este convite em particular, com Birmingham e Nottingham, é parte integrante de um amplo esforço da nossa Fundação para fomentar a colaboração científica entre o Estado do Rio de Janeiro e o Reino Unido. Nós não poderíamos ter ficado mais satisfeitos com os resultados, e espero,sinceramente, que nossos pesquisadores em conjunto, possam realizar grandes coisas para o avanço da Ciência e da Humanidade como um todo – disse.

Ele enfatizou ainda que esse é mais um passo da Comunidade Acadêmica rumo a um avanço ainda maior da ciência e tecnologia no Brasil e no Mundo.

O evento contou com a presença dos representantes da University of Birmigham, Malcom Press, da University of Notthingham, Neville Wylie, e da UERJ, Eliete Bouskela.

Fonte: Faperj

The post Acordo entre Faperj e universidades do Reino Unido amplia atuação científica appeared first on CONSECTI.

]]>
http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/acordo-entre-faperj-e-universidades-reino-unido-amplia-atuacao-cientifica/feed/ 0
Engenharia Química da UFSCar oferece bolsa de mestrado em estudos sobre etanolhttp://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/engenharia-quimica-da-ufscar-oferece-bolsa-de-mestrado-em-estudos-sobre-etanol/ http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/engenharia-quimica-da-ufscar-oferece-bolsa-de-mestrado-em-estudos-sobre-etanol/#comments Mon, 17 Nov 2014 16:13:01 +0000 http://www.consecti.org.br/?p=23840 O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química (PPGEQ) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) oferece bolsa de estudos em nível de mestrado para candidatos interessados em participar do projeto “Estudo de processos integrados de produção e recuperação de etanol 1G”, que tem apoio da FAPESP, por meio do Programa de Apoio à Pesquisa em […]

The post Engenharia Química da UFSCar oferece bolsa de mestrado em estudos sobre etanol appeared first on CONSECTI.

]]>
O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química (PPGEQ) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) oferece bolsa de estudos em nível de mestrado para candidatos interessados em participar do projeto “Estudo de processos integrados de produção e recuperação de etanol 1G”, que tem apoio da FAPESP, por meio do Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica (PITE).

O projeto investiga, experimentalmente e por simulação, processos de produção e recuperação de etanol alternativo ao processo convencional de fermentação seguida da etapa de destilação.

A proposta é estudar a extração e a recuperação do etanol do vinho de levedura utilizando duas diferentes técnicas: a extração por solvente e a extração por esgotamento com dióxido de carbono. A ideia é avaliar os resultados em termos de produtividade e promover uma comparação com o processo tradicional.

A pesquisa é coordenada por Alberto Colli Badino Junior, docente do Departamento de Engenharia Química (DEQ) da UFSCar. Já a bolsa terá a supervisão dos professores Antonio José Gonçalves da Cruz, também do DEQ, e Maria Lucia Gonsales da Costa Araujo, do Departamento de Química Tecnológica e de Aplicação da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Araraquara.

As inscrições para o processo seletivo – para ingresso no primeiro semestre de 2015 – podem ser feitas até 17 de novembro. Os candidatos à bolsa devem ter preferencialmente graduação em Engenharia Química.

Mais informações podem ser consultadas no site do PPGEQ, em www.ppgeq.ufscar.br, ou pelos e-mails ajgcruz@ufscar.br emlaraujo@iq.unesp.br.

Fonte:

O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química (PPGEQ) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) oferece bolsa de estudos em nível de mestrado para candidatos interessados em participar do projeto “Estudo de processos integrados de produção e recuperação de etanol 1G”, que tem apoio da FAPESP, por meio do Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica (PITE).

O projeto investiga, experimentalmente e por simulação, processos de produção e recuperação de etanol alternativo ao processo convencional de fermentação seguida da etapa de destilação.

A proposta é estudar a extração e a recuperação do etanol do vinho de levedura utilizando duas diferentes técnicas: a extração por solvente e a extração por esgotamento com dióxido de carbono. A ideia é avaliar os resultados em termos de produtividade e promover uma comparação com o processo tradicional.

A pesquisa é coordenada por Alberto Colli Badino Junior, docente do Departamento de Engenharia Química (DEQ) da UFSCar. Já a bolsa terá a supervisão dos professores Antonio José Gonçalves da Cruz, também do DEQ, e Maria Lucia Gonsales da Costa Araujo, do Departamento de Química Tecnológica e de Aplicação da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Araraquara.

As inscrições para o processo seletivo – para ingresso no primeiro semestre de 2015 – podem ser feitas até 17 de novembro. Os candidatos à bolsa devem ter preferencialmente graduação em Engenharia Química.

Mais informações podem ser consultadas no site do PPGEQ, em www.ppgeq.ufscar.br, ou pelos e-mails ajgcruz@ufscar.br emlaraujo@iq.unesp.br.

Fonte: Fapesp

The post Engenharia Química da UFSCar oferece bolsa de mestrado em estudos sobre etanol appeared first on CONSECTI.

]]>
http://www.consecti.org.br/giro-nos-estados/engenharia-quimica-da-ufscar-oferece-bolsa-de-mestrado-em-estudos-sobre-etanol/feed/ 0