Destaques

Vencedores do Prêmio Finep são conhecidos em cerimônia no Planalto

A presidenta Dilma Rousseff entregou nesta quarta-feira, 4/12, o Prêmio Finep de Inovação 2013, no Palácio do Planalto. Conheça os vencedores nacionais “Os vitoriosos e todos os concorrentes nos mostraram que não nos falta criatividade e competência, e que o salto tecnológico recente vai nos levar a um outro patamar. Investir em inovação é prioridade do meu governo. Prioridade que perseguimos por meio de estreito relacionamento entre academia e empresas”, afirmou a presidenta em seu discurso. Também participaram da cerimônia o vice-presidente da República, Michel Temer, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Marco Antonio Raupp, e o presidente da Finep, Glauco Arbix. Confira o vídeo da cerimônia, as fotos feitas pela equipe da Finep e as imagens publicadas pela Secretaria de Comunicação do Governo Federal.

Os ganhadores receberão, além de troféu, os seguintes valores, em espécie: Inventor Inovador – R$ 100 mil; Tecnologia Assistiva – R$ 100 mil; Inovação Sustentável – R$ 100 mil; Inovar Fundos – R$ 100 mil, para cada uma das três subcategorias; Micro/Pequena Empresa – R$ 200 mil; Instituição de Ciência e Tecnologia – R$ 200 mil; Tecnologia Social – R$ 200 mil; Média Empresa – R$ 300 mil; e Grande Empresa – R$ 500 mil. Somados aos valores da etapa regional, o total este ano será de cerca de R$ 9 milhões em prêmios.

O ministro Raupp destacou a elevação dos recursos para a inovação em 2013. “Este ano foi extremamente emblemático e auspicioso para a inovação do Brasil. A articulação e interação entre ministérios, algo sem precedentes, tem mobilizado empresas, Governo e instituições de pesquisa em busca de mais competitividade e produtividade. Demos um salto sem precedentes em recursos públicos para projetos inovadores e esta tendência seguirá no próximo ano: acaba de ser publicada a aprovação para acapitalização da Finep (R$ 200 milhões). Trocando em miúdos, será mais R$ 1 bi para operações de crédito”, comemorou

Já Glauco Arbix, presidente da Finep, comemorou o crescimento da agência, que caminha para aprovar R$ 5,5 bi  em projetos reembolsáveis até o fim de dezembro. O dirigente apresentou os excelentes resultados do ”Finep 30 dias”, metodologia que reduziu de 112 para 30 dias o tempo de análise de crédito. “Já são mais de 1100 empresas que se cadastraram utilizando o novo sistema, lançado em setembro passado, com projetos que somam de R$ 2,14 bilhões em volume de demanda”, frisou. Outra conquista celebrada por Arbix foi o Plano Inova Empresa, lançado em março deste ano.

“Desde o lançamento deste enorme esforço pela inovação que envolve vários ministérios e instituições, já foram criados cerca de seis mil novos empregos diretos e indiretos. Nos próximos cinco anos, esse número chegará a 50 mil. O fato é que a demanda bruta do plano soma mais de R$ 63 bi, algo impensável há cinco anos”.

Detalhes da premiação

Em outubro, foram conhecidos os vencedores regionais, em cerimônia inédita, aberta ao público, no Theatro Municipal, no Rio de Janeiro. Foram 28 ganhadores, entre 73 finalistas, nas diversas categorias, que concorrem agora à grande final nacional. Veja as fotos da festa e confira matéria publicada no Jornal O Globo sobre o evento. Os ganhadores da categoria Inovar Fundos receberam os prêmios em evento realizado na sede da Finep, também em outubro.

As inscrições do Prêmio em 2013 – abertas de 8/4 a 8/8 – totalizaram 570 candidatos, nas nove categorias – Micro e Pequena Empresa, Média Empresa, Grande Empresa (apenas na etapa nacional), Instituição de Ciência e Tecnologia, Tecnologia Social, Inventor Inovador, Tecnologia Assistiva, Inovação Sustentável e Inovar Fundos – também restrita à etapa nacional e dividida em três subcategorias – Governança, Equipe e Operação. O maior número de inscritos foi na categoria Pequena Empresa, com 166 formulários preenchidos.

A fase de cadastramento dos jurados e a pré-qualificação dos projetos, feita pela área técnica da Finep, foi realizada em agosto. Esta etapa compreendeu a análise prévia considerando preenchimento do formulário, atendimento ao perfil, condições de participação e categorias previstas no regulamento. O passo seguinte foi o julgamento regional, em que as propostas pré-qualificadas foram avaliadas por comitês de jurados compostos por especialistas, representantes de instituições inovadoras, do setor empresarial e da Finep.

Na última etapa, houve o julgamento nacional, em novembro, com apresentação dos vencedores das categorias Pequena e Média Empresa, ICT e Tecnologia Social. O julgamento das categorias Grande Empresa, Tecnologia Assistiva e Inovação Sustentável é apenas virtual. Já o Inventor Inovador é escolhido após reunião das áreas técnicas da Finep e do INPI. O mesmo modelo é aplicado à categoria Inovar Fundos.

Fonte: Agência Finep

Próximos Eventos