Destaques

Software livre ajuda na construção do processo democrático brasileiro

Ao participar nesta terça-feira, 13/08, da abertura do VI Congresso Internacional de Software Livre e Governo Eletrônico (Consegi), como representante da presidenta Dilma Rousseff, o secretário-geral da Presidência da República, ministro Gilberto Carvalho, disse que o software livre se tornou uma ferramenta indispensável para a construção da democracia, dado o seu caráter colaborativo e de instrumento eficaz de comunicação digital.

“A velocidade que permite a participação supera em muito as formas tradicionais da construção da democracia da qual nós fomos criados. Eu sempre digo que nós somos do tempo do panfleto e do carro de som e agora a gente ve o processo de mobilização se dando por vias muito mais ágeis do ponto de vista da possibilidade do acesso do cidadão e da cidadã, do jovem em particular”, destacou.

Ele lembrou as manifestações de junho para exemplificar essa nova forma de comunicação digital e disse que espera que esse processo perdure nos próximos meses. Isso porque essas ações se tornaram a forma mais legítima de cobrança de responsabilidades dos governantes. “É o aprofundamento da democracia que vem nos exigir, todos nós que ocupamos cargos públicos, novas posturas e tem sido fundamental para a consolidação desta democracia”, explicou Gilberto Carvalho.

O ministro também lembrou que o pioneirismo do uso do Linux na administração pública ocorreu na década de 90 com o Governo Olívio Dutra, no Rio Grande do Sul e, apartir daí, disseminou-se não apenas no Brasil mas, também, por toda a América Latina. E em homenagem ao presidente do Serpro, Marcos Mazoni, disse que ele foi um dos responsáveis por esses dois momentos da história do software livre no Brasil.

Fonte: Convergência Digital

Próximos Eventos