Destaques

Sectes MG inaugura Galeria de Fotos em homenagem aos ex-secretários da Pasta

“Minas criou estudos pioneiros e de extrema importância para a sociedade, um estudo amplo e geral sobre, ciência, tecnologia,  meio ambiente, clima, educação, saúde, entre outros, para criar diretrizes para o setor no Estado”. A constatação foi feita pelo ex-ministro de Ciência e Tecnologia do governo do presidente Itamar Franco, José Israel Vargas durante solenidade de inauguração da galeria de ex-secretários de Ciencia e Tecnologia e Minas Gerais, realizada na última quarta-feira (13/08), na Cidade Administrativa. Vargas foi o primeiro secretário mineiro da Pasta, implementada durante o governo de Aureliano Chaves no período de 77 a 79. A Galeria recebeu o seu nome.

Para o secretário Narcio Rodrigues, a inauguração da Galeria significa um expressivo registro histórico, de memória e de reconhecimento a todos os secretários que passaram pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes). “Este momento representa muito para o governo de Minas, É um privilégio poder homenagear aqueles que fizeram com que esta pasta, hoje fundamental para o desenvolvimento tecnológico e econômico do estado, pudesse caminhar. Minas criou um aparato em seu desenvolvimento científico e tecnológico que causa inveja a todo Brasil, e vai se solidificando como um ambiente propício à inovação”, afirmou Narcio Rodrigues.

Em seu discurso, José Israel Vargas, destacou o pioneirismo de Minas Gerais na criação de políticas de C&T. “Foi criado em Minas um modelo exemplar para ser seguido em todo o país. A junção de ciência, tecnologia e meio ambiente gerou várias desdobramentos no plano nacional”.

Vargas ainda agradeceu ao governo de Minas pela iniciativa, classificando a solenidade como uma importante demonstração da continuidade dos propósitos criados pelo governador Aureliano. “A ciência e a tecnologia estão a serviço do bem-estar da sociedade e do meio ambiente, somente elas unidas poderão solucionar os nossos problemas. Atualmente Narcio vem realizando um trabalho que firma o pioneirismo criado no início desta pasta, principalmente na questão do avanço das discussões dos recursos hídricos”, destacou.

História da Secretaria 

Criada em 1976, pela Lei 6.953, ainda como Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (Sect/MG), tornou-se o órgão central do Sistema Operacional de Ciência e Tecnologia em 1977, tendo José Israel Vargas como o primeiro secretário da pasta entre 1977-1979, na gestão do governador Aureliano Chaves. Em 1985, a Secretaria passou a ter competência de planejar, organizar, dirigir, coordenar, executar e controlar as atividades setoriais relativas ao desenvolvimento e ampliação de conhecimentos científicos, tecnológicos e ambientais, incluindo a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), como vinculada.

Em 2003 ela passou a  se chamar Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes). As universidades se juntaram a outras instituições já anteriormente vinculadas, como a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig),;a Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais (Cetec), o Instituto de Geociências Aplicadas (IGA), o Instituto de Pesos e Medidas (Ipem), e mais recentemente a Fundação Helena Antipoff (FHA) e a Fundação Centro Internacional de Educação, Capacitação e Pesquisa Aplicada em Águas (Unesco-Hidroex).

Fonte: Sectes-MG

Próximos Eventos