+55 (61) 9 7400-2446

Destaques

Secretários de Ciência, Tecnologia e Inovação debatem avanços no setor

O Conselho Nacional de Secretários para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação (CONSECTI)  realizou nesta terça-feira (4) reunião extraordinária, como parte das atividades do Fórum Nacional, para debater avanços no setor.

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Clélio Campolina apresentou aos participantes o Programa Plataformas do Conhecimento, cujo objetivo é o fortalecimento de setores da economia brasileira que já têm alta capacidade de produção e de conhecimento para disputarem mercado no exterior. Segundo Campolina, até 20 setores industriais receberão investimentos e, parte deles irá para pesquisa e desenvolvimento (P&D).

Outro tema debatido durante o evento foi a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição que teve como relator o deputado Izalci (PSDB/DF). Para o parlamentar tucano que é presidente da Frente Parlamentar de Ciência, Tecnologia, Pesquisa e Inovação, a PEC 290 abre a possibilidade de cooperação, estímulos e articulação entre as esferas de governo e setores públicos e privados. “Não se faz inovação só nas universidades, a inovação está nas empresas e o texto constitucional dificultava muito essa relação”, afirmou.

Durante o evento, o deputado Izalci também reafirmou a disposição da Câmara na aprovação do PL 2177 que cria o Código Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação. Segundo o parlamentar, o PL regulamentará na forma da lei as mudanças necessárias para o setor. “Já avançamos bastante nos debates e creio que o Código está muito próximo de ser aprovado”, revelou o tucano.

Além do presidente do Consecti, Saumíneo Nascimento e demais conselheiros, a reunião contou ainda com a presença  dos presidente do INPI, Otávio Brandelli e CNPQ, Glaucius Oliva e da representante do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) no Brasil, Daniela Marquis, bem como trouxe também para o debate  o fomento ao uso da Informação Tecnológica em palestra proferida pela diretora de Relações Institucionais do INPI, Denise Gregory.

Fonte: Ascom com texto de Elisa Alencar

Próximos Eventos