+55 (61) 9 7400-2446

Destaques

Prêmio Mercosul de Ciência e Tecnologia prorroga inscrições e desafia pesquisadores

O Prêmio Mercosul de Ciência e Tecnologia prorrogou o prazo de inscrições até o dia 23 de fevereiro de 2015. O tema desta edição é “Popularização da Ciência”. A iniciativa tem como objetivo incentivar a pesquisa científica, contribuindo para o desenvolvimento e integração dos países membros e associados do Mercado Comum do Sul (Mercosul). Vão ser premiados trabalhos de estudantes e jovens pesquisadores residentes nos países: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela. Os interessados devem se inscrever pelo site oficial do prêmio.

O desafio desta vez é a abordagem exigida para os trabalhos. Foram propostas três linhas de pesquisa valorizando inovações tecnológicas:

Museus e Centros de Ciência físicos, virtuais e itinerantes.

Feiras de Ciências, Mostras de Ciência, Mostras Científicas Itinerantes.

Mídias sociais e outros instrumentos.

Para participar é necessário já ter ou criar o currículo Lattes. Os trabalhos podem ser elaborados em português ou espanhol. A premiação está dividida em quatro categorias:

– Iniciação Científica (modalidade individual ou equipe): direcionada para estudantes do Ensino Médio, Técnico, incluindo estudantes da Educação de Jovens e Adultos, regularmente matriculados em escolas públicas ou privadas, que tenham no máximo 21 anos de idade.Prêmio US$ 2 mil.

– Estudante Universitário (modalidade individual): direcionada para estudantes que estejam frequentando cursos de graduação em instituições de ensino superior e pesquisa, sem limite de idade. Prêmio US$ 3,5 mil.

Jovem Pesquisador (modalidade individual): direcionada para graduados, estudantes de mestrado, mestres, estudantes de doutorado e doutores que tenham no máximo 35 anos de idade. Prêmio US$ 5 mil.

– Integração (modalidade equipe): direcionada para graduados, estudantes de mestrado, mestres, estudantes de doutorado e doutores, sem limite de idade. Prêmio US$ 10 mil.

A premiação existe desde 1998. A partir de 2014, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) do Brasil, com o apoio da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), passou a ser responsável pela execução do prêmio. Para mais informações acesse a página do evento.

Fonte: Portal g1

Próximos Eventos