+55 (61) 9 7400-2446

Destaques

Para Berzoini, meta de 25 Mbps de Internet não é ambiciosa nem inexequível

Em reunião concorrida de quatro comissões temáticas da Câmara dos Deputados, nesta quarta-feira, 19/08, o ministro das Comunicações,Ricardo Berzoini, rebateu as críticas de que as metas do (ainda esperado) programa de universalização do acesso à internet são inatingíveis – em particular a previsão de elevar a velocidade média das conexões à rede para 25 Mbps.

“Discordo que alcançar uma velocidade média 25 Mbps até 2019 seja impossível ou demasiadamente ambicioso. Temos que lutar para alcançar isso e não que a base seja de 1 Mbps, 2 Mbps. Temos que lutar para que a base seja de 5 Mbps, 6 Mbps. Que a ponta seja de 100 Mbps. E que na média tenhamos 25 Mbps até 2019. Não é ambicioso demais. Hoje a média deve estar em 8 Mbps ou 9 Mbps”, afirmou.

Na verdade, a média atual está em 2,9 Mbps, a partir de medições feita pela Akamai – que é uma das principais empresas de redes de distribuição de conteúdo do planeta. Os 8 ou 9 Mbps mencionados pelo ministro fazem parte de um levantamento feito pela Anatel a partir da média das ofertas comerciais existentes no país.

Daí a crítica, feita há dois meses na mesma Câmara dos Deputados, pelo então vice presidente da Anatel Marcelo Bechara – hoje já fora do regulador. “Se nós conseguirmos fazer isso, o que eu duvido, porque não tem dinheiro para esse investimento, o consumidor não vai conseguir pagar por essa internet”, afirmou à subcomissão sobre serviços de telefonia.

Fonte: Convergência Digital

Próximos Eventos