+55 (61) 9 7400-2446

Destaques

Luís Fernandes é o novo presidente da Finep

O cientista político Luís Manuel Rebelo Fernandes foi nomeado nesta quarta-feira (11) como o novo presidente da Finep/MCTI. Ele substitui o sociólogo Glauco Arbix, que presidia a financiadora desde 2011. A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União.

Fernandes graduou-se em Relações Internacionais pela Georgetown University e possui mestrado e doutorado em Ciência Política pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (Iuperj). Sua atividade de pesquisa concentra-se em temas de Economia Política das Relações Internacionais; com destaque para os Desafios da Inovação e do Desenvolvimento na Era do Conhecimento.

Entre 1999 e 2002, ele foi diretor Científico da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj). No Ministério da Ciência e Tecnologia – à época o termo “Inovação” ainda não havia sido incorporado ao nome da pasta – exerceu a função de secretário executivo de 1999 a 2002 e de 2004 a 2007. Em seguida, presidiu a Finep até 2011.

Luís Fernandes foi também secretário executivo do Ministério do Esporte (2012 a 2015), acumulando a função de Coordenador do Grupo Executivo da Copa do Mundo 2014. Ele é professor do Instituto de Relações Internacionais da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) e professor credenciado do Instituto Rio Branco do Ministério das Relações Exteriores (MRE). A posse acontecerá na sede da Finep, no Rio de Janeiro, em 23 de março, às 10h.

O apoio da Finep abrange todas as etapas e dimensões do ciclo de desenvolvimento científico e tecnológico: pesquisa básica, pesquisa aplicada, melhoria e desenvolvimento de produtos, serviços e processos. A financiadora apoia, ainda, a incubação de empresas de base tecnológica, a implantação de parques tecnológicos, a estruturação e consolidação dos processos de pesquisa e o desenvolvimento de mercados.

Glauco Arbix

Glauco Arbix, que deixa a presidência, é professor do Departamento de Sociologia da Universidade de São Paulo (USP). Na gestão dele, segundo informações do portal da Finep, foram contratados 1694 projetos de pesquisa inovadores, investindo no total, em operações de crédito, R$ 19,5 bilhões.

Fonte: MCTI

Próximos Eventos