Destaques

Inovação lidera nova fase na computação em nuvem

A nuvem pública vai movimentar cerca de US$ 70 bilhões em 2015 e as soluções baseadas em cloud vão triplicar até 2020, projeta a IDC, em estudo divulgado nesta terça-feira, 21/07. De acordo com a consultoria, a computação em nuvem vive uma etapa nova: a fase da inovação.

“Cada vez mais empresas vão migrar para a nuvem. Haverá, de fato, uma transformação digital e quem oferecer a melhor solução vai se estabelecer. O modelo de serviço mudou. Fornecedores e clientes precisam ficar atentos para fazer os ajustes necessários”, diz Eileen Smith, gerente da IDC Global Technology and Research Group.

O estudo reforça: a área de TI não reina mais absoluta. As unidades de Marketing, Finanças e Operações conquistaram um poder de decisão e atuam de forma independente da área de TI. no processo de compra de soluções para os seus negócios.

Para os analistas da IDC, cinco setores vão se destacar entre os que mais vão apostar no modelo: manufatura, bancos, serviços profissionais, processos de manufatura e varejo. Juntos, sustenta a IDC, esses segmentos serão responsáveis por 45% do gasto total do mercado de cloud computing.

De acordo ainda com o relatório, as principais oportunidades para cloud nessas verticais vêm do desenvolvimento de soluções inteligentes, que são construídas com base em uma nova plataforma que inclui nuvem, Big Data, analytics, mobilidade e mídia social.

Mas ainda há barreiras para serem superadas. E a principal delas segue sendo a segurança, principalmente, no mercado financeiro e no governo.”Há questões regulatórias também que precisam ser adequadas para uma maior adesão”, lembra Eileen Smith.

Fonte: Convergência Digital

 

Próximos Eventos