Destaques

CNPq faz chamada para o Ciência sem Fronteiras

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) publicou nesta terça-feira, 15, no Diário Oficial da União novos editais de chamada pública para o programa Ciência sem Fronteiras. Haverá seleção de estudantes para desenvolvimento de atividades acadêmicas, na modalidade “graduação-sanduíche”, na Grã-Bretanha, Bélgica, Canadá, Holanda, Finlândia, Austrália, Nova Zelândia, Espanha e Coreia do Sul.

O período para inscrição começa nesta quarta-feira, 16, e seguirá aberto até 29 de novembro. Detalhes sobre o processo de chamada pública poderão ser conferidos na página http://www.cienciasemfronteiras.gov.br. O programa tem por meta levar 101 mil estudantes para cursos de graduação e pós-graduação ao exterior até 2014. Até agora, cerca de 57 mil bolsas foram concedidas e 15 mil alunos começaram a regressar. Na graduação-sanduíche, o estudante começa e termina o curso no Brasil, mas passa um período intermediário de até 18 meses fora do País, para aperfeiçoamento.

O Ciência sem Fronteiras é um projeto focado na consolidação, expansão e internacionalização do conhecimento, tecnologia, inovação e competitividade do Brasil por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional. A ação é realizada em conjunto pelos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e da Educação (MEC), por meio das respectivas instituições de fomento – CNPq e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) -, e Secretarias de Ensino Superior e de Ensino Tecnológico do MEC.

Nesta segunda-feira, 14, foi realizada a posse do novo coordenador-geral do Ciência sem Fronteiras, João Manoel Gomes da Silva Júnior. Ele possui graduação em engenharia elétrica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), mestrado em engenharia elétrica pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e doutorado em Automatique pela Université Paul Sabatier, em Toulose (França).

Fonte: O Estado de São Paulo

Próximos Eventos