+55 (61) 9 7400-2446

Destaques

Cientistas trabalham em vacina para dependentes de cocaína

Cientistas do Intituto de Pesquisa Scripps estão desenvolvendo uma vacina para combater a dependência de cocaína. A novidade foi tema de umestudo divulgado nesta semana em publicação da Sociedade Americana deQuímica (ACS, na sigla em inglês).

Testada em ratos, a vacina é à base de Flagelina. Essa proteína está presente no flagelo de diversas bactérias e foi modificada para disparar uma reação do sistema imunológico. De acordo com os cientistas, a Flagelina faz com que o corpo combata a presença da cocaína – o que anula os efeitos da droga.

“Apesar de normalmente serem associadas ao combate de infecções virais ou bacterianas, as vacinas podem ser desenvolvidas para ensinar o sistema imunológico a reconhecer substâncias não-microbianas como drogas”, afirmou a ACS em nota sobre o estudo.

Realizada nos Estados Unidos, a Pesquisa Nacional sobre Uso de Drogas e Saúde apontou que cerca de 1,4 milhão de pessoas consomiam cocaína no país em 2011. No Brasil, dados da Organização das Nações Unidas indicam que, entre 2005 e 2011, o consumo da droga mais que dobrou entre pessoas com idade entre 12 e 65 anos.

“Uma vacina contra a cocaína seria uma alternativa promissora de opção terapêutica”, afirmam os cientistas envolvidos no estudo.

Próximos Eventos