+55 (61) 9 7400-2446

Destaques

Brasil e Argentina criam comissão bilateral sobre TICs

Acertada ainda no ano passado, foi formalizada nesta terça, 24/6, a criação de uma comissão mista entre Brasil e Argentina sobre “Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico na área de Tecnologias da Informação e Comunicação”. Segundo o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação, caberá especialmente a essa comissão definir áreas de cooperação que devem ser contempladas em chamadas conjuntas de projetos.

Quando se discutiu a criação dessa comissão, estava em pauta a identificação de setores de expertise em TI nos dois países, abarcando pesquisas nos segmentos científicos e industriais, bem como estímulos ao intercâmbio tecnológico. Do lado do Brasil, os integrantes já foram indicados. O secretário de Políticas de Informática do MCTI, Virgílio Almeida (que aparece no Diário Oficial, no entanto, como ‘subsecretário’) será co-presidente.

Além dele, também será titular dessa comissão o diretor do Departamento de Temas Científicos e Tecnológicos do Ministério de Relações Exteriores, embaixador Benedicto Fonseca Filho. Completam a relação Silmary de Jesus Gonçalves Alvim, do CNPq, que atuará como a representante da coordenação de cooperação Internacional na comissão mista; e o professor Guido Costa Souza de Araújo, da Unicamp.

Segundo a Associação Brasileira da Indústria Eletro-Eletrônica (Abinee), o déficit da balança comercial de produtos eletroeletrônicos atingiu US$ 12,25 bilhões, no acumulado de janeiro-abril de 2014, 8% acima do registrado em janeiro-abril de 2013 (US$ 11,39 bilhões). Este saldo negativo foi consequência de exportações de US$ 2,13 bilhões e de importações de US$ 14,38 bilhões. A Argentina é um país crucial para as vendas de TICs da indústria brasileira, mas tem criado barreiras relevantes e exigindo a instalação de fábricas de telefones celulares e PCs no país.

Fonte: Convergência Digital

Próximos Eventos