Destaques

Aldo quer parte das receitas do pré-sal para investir em CT&I

Um dos maiores objetivos do ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Aldo Rebelo, é elevar o investimento em pesquisa no Brasil de 1,3% do Produto Interno Bruto (PIB) para 2%, seguindo a média mundial. Para alcançar essa meta, ele pediu à presidente Dilma Rousseff que repasse para sua pasta parte dos recursos do fundo social do pré-sal.

“Queremos a participação do sistema de ciência e pesquisa no pré-sal, porque fomos excluídos na primeira regulamentação. Só foi regulamentado 50% para educação e saúde, como se pudéssemos conceber educação e saúde sem pesquisa. O que eu pedi à presidenta é que a regulamentação dos demais 50% do fundo social do pré-sal contemple ciência, pesquisa e inovação. Não só para a área relacionada diretamente ao ministério, mas pesquisa em saúde, defesa, etc”, explicou Rebelo.

Além disso, Aldo também pediu a Dilma que as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) incluam projetos do MCTI. “Como conceber um programa de aceleração de crescimento sem ciência, pesquisa e inovação? Também precisamos rearranjar as quase 30 instituições que compõem a pasta. Elas precisam partilhar as suas missões e participação no Orçamento”, comentou.

Fonte: Gestão de CT&I

Próximos Eventos